São Paulo sediará a Conferência do Ano Internacional da Biodiversidade

2010 foi eleito o Ano Internacional da Biodiversidade pela Assembleia Geral das Nações Unidas.No Brasil, o Instituto Humanitare programou ações de conscientização

  
  

O evento realizado pelo Instituto Humanitare que tem a missão de aproximar a sociedade civil das Nações Unidas (ONU) é voltado a convidados, autoridades, empresário, executivos, Imprensa e acadêmicos.

Foi autorizado pela CDB (Convenção da Diversidade Biológica), organismo do PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente), responsável pela coordenação mundial das atividades do Ano da Biodiversidade e tem a cooperação do HSBC e da VALE. 2010 foi eleito o Ano Internacional da Biodiversidade pela Assembleia Geral das Nações Unidas. No Brasil, o Instituto Humanitare programou ações de conscientização, educação, reconhecimento e incentivo à preservação da diversidade biológica.

A Conferência no Brasil contará com palestrantes como Dr. Thomas Lovejoy, especialista em biodiversidade do Banco Mundial; Maxwell Gomera, Diretor-adjunto do Centro de Monitoramento da Conservação Mundial do PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente); Dr. John Malin , “Chair” Mundial do Ano Internacional da Química (em 2011), Cecília Martinez, Diretora Regional da ONU-HABITAT (Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos) para América Latina e Caribe, entre outros. O patrono da Conferência é o Professor Emérito da USP (Universidade de São Paulo), Dr. Paulo Nogueira-Neto.

Além das palestras, ocorrerão mesas redondas e o evento poderá ser acompanhado pela internet em tempo real. Nesta mesma data estão agendados: o pré-lançamento do livro “Uma Trajetória Ambientalista – Diário de Paulo Nogueira-Neto” e o lançamento da Cátedra da ONU-HABITAT “Cidades Inovadoras e Sustentáveis”.

O programa do Ano Internacional da Biodiversidade no Brasil possui o apoio institucional também do governo brasileiro, do UNIC – Centro de Informações das Nações Unidas, Secretariado Geral da ONU, do PNUMA e da ONU-HABITAT.

O evento tem papel estratégico, pois fecha as discussões das conferências que ocorreram no mundo em 2010 e traz o olhar sobre sustentabilidade de empresas como Bosch, HSBC, Siemens, VALE, de entidades como o IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores), de consultorias como a McKinsey e do setor acadêmico (Universidade de São Paulo).

A conferência contará com palestra do Prof. Dr. John Malin, presidente do Comitê Gestor Mundial da ONU, que fará o pré- lançamento do Programa das Nações Unidas para 2011 – Ano Internacional da Química; a Sra. Sheila Pimentel, presidente do Instituto Humanitare apresentará a programação prevista para acontecer no Brasil em 2011 para o Ano Internacional das Florestas e Ano Internacional da Química e, ainda, incentiva a coalizão da sociedade civil em direção a Rio+20 (que ocorrerá no Rio de Janeiro em 2012).

Agenda:

O Instituto Humanitare – aproximando a sociedade civil às Nações Unidas – realiza, em São Paulo, as seguintes atividades alusivas ao Ano Internacional da Biodiversidade (2010).
Dia 23/11/2010 – das 08:00 às 20 horas - Conferência Internacional alusiva ao Ano Internacional da Biodiversidade. Alerta à Vida: a sobrevivência humana depende da Biodiversidade.
Local: O evento ocorrerá na Associação Brasileira A Hebraica de São Paulo – Rua Hungria, 1.000 - São Paulo (SP), Sala Marc Chagall.

Dias 22/11/2010 a 25/11/2010 – Agenda Corporativa com comitiva de especialistas mundiais da conferência em visitas a representativas empresas e entidades brasileiras.

Sobre a Cátedra Cidades Inovadoras e Sustentáveis:

A Cátedra pretende formar multiplicadores e gestores especializados na implantação de políticas públicas e de interesses privados para serem tentáculos para a implantação dos programas da ONU-HABITAT, incentivando o empreendedorismo dedicado às questões de cidades - Direito a cidades melhores, mais saudáveis e sustentáveis” para países de língua portuguesa e países da relação sul-sul.; fornecendo conhecimentos, melhores práticas e ferramentas; promovendo conscientização e educação e reconhecendo e incentivado modelos de referência.

A implantação do projeto terá cinco fases, que se iniciam no começo de 2011 e terminam no fim de 2012: Fase I – Estudo de Viabilidade, Fase II – Implantação de um Programa Piloto, Fase III – Planejamento 2012-2013, Fase IV- Implantação e Divulgação, Fase V- Avaliação de Resultados e Planejamento Futuro (2013-2015).

Cooperação:

Academias, Empresas signatárias de cooperação com a ONU-HABITAT, outras relacionadas com o Instituto Humanitare e designadas aos interesses do programa, organismos públicos federais, estaduais e municipais, entidades do terceiro setor especialmente as ligadas diretamente ao assunto.

Sobre o Instituto Humanitare:

O Instituto Humanitare promove a aproximação entre a sociedade civil e as Nações Unidas para incentivar o desenvolvimento sustentável, a implantação de boas práticas, a formação de modelos multiplicadores e de lideranças globalmente responsáveis de forma a impactar positivamente na governança e políticas públicas que beneficiem o Brasil, os países de língua portuguesa e os países da relação sul-sul.

Seguindo a agenda do Secretariado Geral da ONU, conecta diversos atores aos organismos do sistema no Brasil e no exterior, o Instituto traz as propostas dos programas e projetos, aplicando-os de modo a incluir empresas, academia, terceiro setor, mídia e toda a sociedade nessas atividades, buscando o entendimento das culturas integradas à diplomacia empresarial e a diplomacia social como alicerces para o desenvolvimento pautado na retidão e nos princípios éticos.

O Instituto Humanitare consolida-se com esse compromisso pelo bem da humanidade e do Planeta em pleno sinergismo com os princípios e propósitos da Carta das Nações Unidas e da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Serviço:

- Conferência do Ano Internacional da Biodiversidade – Instituto Humanitare

- Data e horário: 23 de novembro de 2010 - 08:00 às 20 horas

- Local: Associação Brasileira A Hebraica de São Paulo
Rua Hungria, 1.000 - São Paulo (SP).

Fonte: Leila Anderson

Visite: www.revistaecotour.com.br

  
  

Publicado por em