Entidades produzem levantamento sobre espécies exóticas

As invasões por espécies exóticas são um tema de preocupação mundial e os casos registrados são crescentes também no Brasil. Constituem hoje a segunda grande causa de perda de biodiversidade no planeta, perdendo apenas para a conversão direta de ambientes

  
  

As invasões por espécies exóticas são um tema de preocupação mundial e os casos registrados são crescentes também no Brasil. Constituem hoje a segunda grande causa de perda de biodiversidade no planeta, perdendo apenas para a conversão direta de ambientes.

Visando construir uma visão abrangente do problema, a The Nature Conservancy do Brasil e o Instituto Hórus de Desenvolvimento e Conservação Ambiental estão iniciando um levantamento de espécies exóticas invasoras em nível nacional, considerando todos os grupos de organismos.

Um dos objetivos da pesquisa é obter uma relação de espécies por ecossistema, que ajudará a traçar prioridades e medidas de prevenção, controle e erradicação. Esses dados serão armazenados e disponibilizados para uso de todos. Para tanto, a The Nature Conservancy do Brasil e o Instituto Hórus de Desenvolvimento estão convocando a todos para enviarem informações.

De acordo com Sílvia R. Ziller, assessora científica da The Nature Conservancy do Brasil e presidente do Instituto Hórus de Desenvolvimento e Conservação Ambiental, "toda informação referente ao assunto é de grande importância".

No site , está sendo diponibilizada uma planilha que poderá ser preenchida e devolvida com as informações disponíveis. As contribuições, preenchidas na planilha, devem ser enviadas por e-mail .

Segundo Sílvia Ziller, não há problema se não houver dados para preencher todos os campos. "Entendemos que seja um processo de construção contínua em que vamos agregar informação nova sempre que houver", declara a pesquisadora.As explicações para preenchimento estão contidas na própria planilha.

INSTITUTO HÓRUS

O Instituto é especializado na questão das espécies exóticas. "Tratamos como espécies exóticas invasoras as espécies de plantas, animais ou microorganismos que, uma vez introduzidas a um ambiente do qual não fazem parte naturalmente, passam a exercer dominância e prejudicar o funcionamento dos sistemas naturais, tomando o espaço de espécies nativas e levando à perda de biodiversidade", define Sílvia.

Sílvia pede a ajuda de todos para divulgar o levantamento e repassar a solicitação de informações para todos que puderem contribuir. E acrescenta que informações e contatos referentes ao Paraguai, Colômbia e Venezuela são igualmente bem vindos.

Serviço

Sílvia R. Ziller-Assessora CientíficaThe Nature Conservancy do BrasilAl. Júlia da Costa, 1240 BigorrilhoCuritiba - PR 80.730-070Fone (55) 41-336-8777 ramal 239

Instituto Hórus de Desenvolvimento e Conservação AmbientalRua Dr. Manoel Pedro, 495/906 CabralCuritiba - PR 80035-030Telefax (55) 41-253-0886 / 41-9613-4171

Fonte: Instituto Horus

  
  

Publicado por em