Estudo verifica a relação entre recifes e a sobrevivência de peixes num mesmo local

Para proteger os peixes da excessiva exploração comercial é necessário conservar também os recifes de corais. Um novo estudo, feito por cientistas australianos, verificou a estreita relação entre a saúde dos recifes e a sobrevivência das espécies de peixe

  
  

Para proteger os peixes da excessiva exploração comercial é necessário conservar também os recifes de corais. Um novo estudo, feito por cientistas australianos, verificou a estreita relação entre a saúde dos recifes e a sobrevivência das espécies de peixes num mesmo local.

De acordo com a pesquisa, publicado na edição de 17 de maio da Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), o problema é maior do que se imaginava.Os pesquisadores, da Universidade James Cook, após oito anos de estudos em Papua-Nova Guiné, identificaram uma grande diminuição de peixes em áreas onde houve acentuada devastação da cobertura de corais.

Segundo a pesquisa, 75% das espécies de peixes apresentaram diminuição na população, enquanto que 50% das espécies declinaram para a metade do estimado número original. Os cientistas alertam que a adoção de reservas marinhas não é suficiente para a preservação das espécies de peixes.

Segundo eles, é preciso adotar medidas que também evitem a degradação dos recifes. A cobertura de corais tem diminuído em todo o planeta há décadas, devido à pesca excessiva, à poluição e ao aquecimento global.

De acordo com o estudo, liderado por Geoffrey Jones, da Escola de Aquacultura e Biologia Marinha da universidade australiana, os corais auxiliam diversas espécies de peixes, fornecendo a elas abrigo e fontes de alimentos, mas não se sabe a extensão em que se dá essa dependência, ou seja, qual é o grau de dependência em relação aos recifes.

Os autores afirmam que, se a degradação dos recifes não for controlada, muitas espécies de peixes – especialmente as que dependem mais dos corais – podem ser ameaçadas de extinção.

Fonte: Fapesp


Recife

  
  

Publicado por em