Expoflora terminou ontem ,anunciando investimentos de R$4 milhões para 2005

A 23a Expoflora se despediu do público ontem, domingo (26/9), anunciando investimentos de R$ 4 milhões para 2005. No último dia do evento, que aconteceu das 9h às 19h, excepcionalmente foram realizadas duas Chuvas de pétalas de rosas, uma às 14h e, outra,

  
  

A 23a Expoflora se despediu do público ontem, domingo (26/9), anunciando investimentos de R$ 4 milhões para 2005. No último dia do evento, que aconteceu das 9h às 19h, excepcionalmente foram realizadas duas Chuvas de pétalas de rosas, uma às 14h e, outra, às 19h.

Dos R$ 4 milhões a serem, investidos na 24ª Expflora, em 2005, R$ 1 milhão serão destinados para a melhoria da
infraestrutura do recinto.

“A antiga estufa que serve de pavilhão de exposição, na entrada do recinto, será demolida para dar lugar a uma obra de alvenaria. Toda a área onde atualmente se localiza o Palco do Moinho será coberta, até o Garden Center, para maior conforto dos visitantes”, adianta.

Nesta semana a comissão organizadora da Expoflora deverá se reunir para iniciar o planejamento para o evento que, em 2005, chegará a sua 24ª edição. De acordo com Paulo Fernandes, a organização aguarda os resultados de pesquisas quantitativas e qualitativas realizadas nos 22 dias de duração do evento pela Faculdade de Jaguariúna, traçando o perfil e a procedência do público, assim como detalhes, como meio de transporte utilizado, com que esteve acompanhado na exposição, etc.

Atração de turistas

Paulo Fernandes antecipa que uma das estratégias da Expoflora para a edição 2005 será a criação de ações para a atração de turistas das regiões Norte e Nordeste do país, além de intercâmbios com associações do Mercosul para trazer também visitantes principalmente da Argentina, do Chile e do Uruguai.

“Normalmente recebemos muitos turistas estrangeiros que, aproveitando a estada no Brasil, vêm conhecer a Expoflora.Este ano, no entanto, já recebemos estrangeiros em grupos, como uma excursão que veio especialmente do Chile para visitar a nossa exposição. Assim, pretendemos, a partir de agora, elaborar as estratégias necessárias para criarmos uma estrutura de atendimento aos turistas estrangeiros”, explica Paulo.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Explofora

  
  

Publicado por em