Exportação de orgânicos rende ao Brasil mais de US$15 milhões

Os produtos orgânicos produzidos vão render este ano ao país mais de US$ 15 milhões. A estimativa é da Agência de Promoção de Exportações (Apex), que se baseou nos negócios firmados na Biofach, a mais importante feira de orgânicos do mundo, realizada entr

  
  

Os produtos orgânicos produzidos vão render este ano ao país mais de US$ 15 milhões. A estimativa é da Agência de Promoção de Exportações (Apex), que se baseou nos negócios firmados na Biofach, a mais importante feira de orgânicos do mundo, realizada entre 19 e 22 de fevereiro, em Nuremberg, Alemanha.

Entre os orgânicos que serão mais vendidos pelo Brasil ao longo do ano estão café, açúcar, castanha de caju, mel, frutas frescas, polpa de frutas, sucos, cereais e legumes.

A produção, que atualmente gera emprego e renda para mais de 3,3 mil famílias, especialmente agricultores e cooperativas, é totalmente certificada por empresas reconhecidas internacionalmente e seguem uma série de exigências que permitem identificar a origem e o sistema usado na produção.

“Essa busca por alimentos cada vez mais seguros, livres de químicos e focados nas questões ambientais é que está levando o setor a se tornar um dos mais dinâmicos do mercado internacional”, explicou a gerente da área de Orgânicos da Apex, Liliane Rank.

Segundo Liliane, a demanda mundial por orgânicos – que atualmente é de US$ 30 bilhões por ano – deverá aumentar 30% a cada ano.

“É um mercado crescente, muito visível e positivo para o país”, disse. No Brasil,a estimativa do governo é de um incremento anual de 15% nas exportações, principalmente
para mercados dos Estados Unidos, Europa e Japão, considerados os maiores consumidores.

“Tudo indica vantagens para o setor. Além de termos produtos de qualidade,o Brasil já traz a imagem de um país com imensas reservas naturais e com grandes áreas agricultáveis, o que aumenta mais nossas possibilidades de negócios”, disse.

Atualmente, 45 empresas brasileiras, pequenas e médias em sua maioria, atuam no segmento. A produção anual de orgânicos brasileiros está avaliada em US$ 100 milhões.

Fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em