FAO: Florestas crescem em alguns países, mas total cai

Eric Brücher Camara de Londres http://www.bbc.co.uk/f/t.gif http://www.bbc.co.uk/f/t.gif As florestas da Europa e da China voltaram a crescer, segundo a FAO A agência para Agricultura e Alimentação das

  
  

Eric Brücher Camara
de Londres

http://www.bbc.co.uk/f/t.gif

http://www.bbc.co.uk/f/t.gif

As florestas da Europa e da China voltaram a crescer, segundo a FAO

A agência para Agricultura e Alimentação das Nações Unidas (FAO) afirmou nesta terça-feira que as florestas estão se expandindo em vários países do mundo, embora 7,3 milhões de hectares – uma área equivalente a mais de dois Estados do Rio de Janeiro – ainda sejam destruídos todos os anos.

Entre 2000 e 2005, 57 países registraram um aumento na área florestal e 83 tiveram perdas, segundo o relatório anual da FAO.

A situação descrita no relatório Situação das Florestas do Mundo 2007, no entanto, deixou otimista o vice-diretor-geral para Florestas da FAO, Jan Heino.

"Nunca estive tão otimista. E os motivos para isso são três: em primeiro, mais países do que nunca têm programas e políticas florestais, o que demonstra uma vontade política", disse Heino à BBC Brasil.

"Em segundo lugar, o plantio de florestas está acontecendo rapidamente em muitos países; e, por último, o aumento na cobertura florestal parece estar relacionado ao desenvolvimento econômico e à diminuição da pobreza."

Heino salientou que só em 2010, quando for possível analisar a evolução no período anterior de cinco anos, é que ficará claro se o otimismo dele sobre o Brasil é justificado.

Aquecimento global

O relatório destaca que hoje mais de cem países têm programas florestais nacionais, mas lembra que as mudanças climáticas abrem novos riscos para as florestas.

Com a elevação global das temperaturas, os danos provocados por incêndios, pragas e doenças devem aumentar também.

Atualmente, segundo a FAO, as florestas cobrem cerca de 30% da superfície da Terra, apesar de o planeta ter perdido 3% da cobertura florestal entre 1990 e 2005.

O relatório da FAO diz ainda que hoje dez países, entre eles o Brasil, respondem por 80% das floresta originais do mundo.

Destes, Indonésia, México, Papua Nova Guiné e o Brasil foram os que registraram as maiores taxas de desmatamento entre 2000 e 2005.

Já na Europa e na América do Norte, o estudo da FAO indica um aumento na área florestal no mesmo período.

A África, que representa 16% das florestas do mundo, foi desmatada em uma área de 9% entre 1990 e 2005.

Fonte: BBC Brasil

  
  

Publicado por em