Fundação O Boticário investe cerca de US$ 170 mil em projetos ambientais

Dezesseis projetos de conservação do Meio Ambiente, em diversas regiões do país, acabam de receber o aval para financiamento da Fundação O Boticário de Proteção à Natureza. As iniciativas aprovadas começam a ser desenvolvidas ainda neste semestre e se jun

  
  

Dezesseis projetos de conservação do Meio Ambiente, em diversas regiões do país, acabam de receber o aval para financiamento da Fundação O Boticário de Proteção à Natureza. As iniciativas aprovadas começam a ser desenvolvidas ainda neste semestre e se juntam à lista dos mais de 900 projetos já apoiados pela Fundação, muitos ainda em andamento.

O apoio a projetos de conservação ambiental, como pesquisas, ações diretas de proteção e ações educacionais, faz parte de um programa da Fundação O Boticário que, a cada semestre, recebe e avalia propostas
enviadas por entidades, pesquisadores e ONGs.

Entre os 283 projetos recebidos pelo edital do primeiro semestre de 2004, foram escolhidos 16, o que representa
investimentos de aproximadamente US$ 170 mil. São propostas de preservação da fauna e da flora de diversas regiões do Brasil, da Floresta Amazônica ao Rio Grande do Sul.

Quatro projetos do Estado de São Paulo foram selecionados pela Fundação O Boticário. O primeiro, do Instituto de Pesquisas Ecológicas em Teodoro Sampaio/SP, busca a conservação e manejo das onças pintadas no corredor do Alto do Rio Paraná.

O projeto do Instituto de Biologia da Conservação trata da diversidade e conservação de anfíbios em ilhas no Estado de São Paulo. Já o Instituto de Biologia da Conservação aborda a diversidade de anuros (anfíbios) e lagartos em duas fisionomias de Cerrado na região de Itapira/SP.

Por fim, o projeto do Instituto Albatroz trata da estimativa de captura incidental de albatrozes e petréis na frota pesqueira do Sul e Sudeste do Brasil, com vistas à
implementação de medidas para redução dessa ocorrência.

Com estes novos investimentos, a Fundação já chega à soma de 906 projetos apoiados desde sua criação, em 1990. No total,foram mais de US$ 5 milhões em recursos para patrocinar projetos conservacionistas em todo o país.

Sobre a Fundação O Boticário

Criada em 1990, a Fundação O Boticário de Proteção à Natureza é uma instituição sem fins lucrativos, com autonomia administrativa e financeira, destinada a apoiar e realizar projetos conservacionistas.

A Fundação adquiriu e mantém a Reserva Natural Salto Morato, um remanescente de Floresta Atlântica, no Paraná, reconhecida pela UNESCO como Patrimônio Natural da
Humanidade, em 1999.

Em 2001, a Fundação inaugurou a Estação Natureza, uma exposição interativa sobre as belezas naturais do Brasil, que está instalada em Curitiba, no Shopping Estação, e já recebeu mais de 50 mil visitantes.

Fonte: FSB Comunicações

  
  

Publicado por em