Governo russo dá sinal verde ao protocolo de Kyoto

O Greenpeace deu boas-vindas à notícia de que o governo russo acenou com sinal verde ao tratado da mudança do clima, o protocolo de Kyoto. A decisão final sobre se Rússia ratificará o tratado, está nas mãos do Parlamento Russo, também conhecido como Du

  
  

O Greenpeace deu boas-vindas à notícia de que o governo russo acenou com sinal verde ao tratado da mudança do clima, o protocolo de Kyoto.

A decisão final sobre se Rússia ratificará o tratado, está nas mãos do Parlamento Russo, também conhecido como Duma. Se votarem a favor, o Protocolo de Kyoto se tornará forte e se transformará em Lei internacional.

`Enquanto a terra é golpeada com o aumento do número de tempestades, inundações e secas, o presidente Putin tomou uma decisão histórica que nos levará à real implementação do Protocolo de Kyoto. A partir de agora, a administração do governo Bush está em oposição isolada à vontade da comunidade internacional`, disse Steve Sawyer, coordenador internacional da campanha de energia do Greenpeace.

Os Estados Unidos emitem 20% dos gases do efeito estufa do mundo, contudo a administração de Bush recusou-se a empreender esforços para combater a mudança do clima. Entretanto, a menos que os Estados Unidos também ratifiquem o protocolo de Kyoto, os objetivos não serão atingidos inteiramente.

`A partir da entrada formal da Rússia o Protocolo de Kyoto passará a ser uma lei internacional. Assim poderemos dar o primeiro passo na luta global para lidar com a mudanças climáticas causadas pelas emissões de combustíveis fosseis à atmosfera, e o mundo deixa de refém de seu maior responsável - os EUA`, disse Sérgio Dialetachi.

Agora é fundamental que o Brasil e todos os outros membros deste acordo internacional supram suas necessidades de energia através de fontes limpas, sustentáveis e renováveis como solar, eólica, pequenas hidroelétricas e biomassa, concluiu Dialetachi.

Fonte: Greenpeace

  
  

Publicado por em