Greenpeace lançou guia atualizado de produtos com e sem transgênicos

O Greenpeace lançou no dia 10 de maio, no Parque da Água Branca (Parque Dr. Fernando Costa),a 2a edição do`Guia do Consumidor`,com a lista atualizada de produtos com e sem transgênicos. O Guia é composto por duas colunas: na coluna verde estão os prod

  
  

O Greenpeace lançou no dia 10 de maio, no Parque da Água Branca (Parque Dr. Fernando Costa),a 2a edição do`Guia do Consumidor`,com a lista atualizada de produtos com e sem transgênicos.

O Guia é composto por duas colunas: na coluna verde estão os produtos de empresas que garantem não utilizar transgênicos, e na coluna vermelha estão os produtos de empresas que não oferecem esta garantia.

Junto à Feira de Alimentos Orgânicos, que ocorre no
parque aos sábados, foram expostos alguns exemplos
dos 640 produtos incluídos no Guia. Ativistas vendados se colocaram atrás dos produtos da lista vermelha, simbolizando os consumidores brasileiros que estão comendo transgênicos sem saber. Cópias da publicação foram distribuídas gratuitamente ao público presente no local, enquanto dois especialistas do Greenpeace esclareciam dúvidas sobre o assunto.

`Devido à pressão dos consumidores, existe um número
cada vez maior de indústrias que oferecem alimentos
livres transgênicos. O Guia é um instrumento para o
cidadão exigir os seus direitos`, declarou Tatiana de
Carvalho, assessora da Campanha de Engenharia
Genética do Greenpeace.

Um ano depois do lançamento da primeira edição, o
Guia traz mais 10 empresas na lista verde, como a
Seara e o Grupo Pão de Açúcar, que se comprometeram a
realizar controle para evitar a utilização de ingredientes transgênicos.

Dentro de um total de 81empresas (28 a mais do que na edição passada), 24 estão na lista verde e 57 na lista vermelha. Todos os produtos listados contêm algum derivado de soja ou milho, que correspondem a 82% dos transgênicos plantados no mundo e são os dois únicos transgênicos já encontrados em produtos alimentícios à venda no mercado brasileiro.

`Existem empresas, como a Nestlé, que não utilizam
transgênicos em outros países, mas no Brasil se negam
a adotar controle. Até quando vamos deixar que nos
tratem como consumidores de segunda classe?`,provocou Tatiana.

O `Guia do Consumidor` é a única referência disponível no país para as pessoas que desejam evitar o consumo de transgênicos. Cópias podem ser obtidas no site do Greenpeace ou nos seguintes endereços:

São Paulo:

- Associação de Agricultura Orgânica, localizada no
Parque da Água Branca, (11) 3875-2625
- Loja Espaço Greenpeace, (11) 3078-3465

Rio de Janeiro

- Escritório da ONG AS-PTA, (21) 2253-8317

Salvador

- Loja Espaço Greenpeace, (71) 232-3465

Manaus

- Escritório do Greenpeace, (92) 627-9001

Porto Alegre

- Com o grupo local de voluntários do Greenpeace,
(51) 3311-8399

Fonte: Ass.Imprensa do Greenpeace

  
  

Publicado por em