Ibama age para barrar desmate no Vale do Ribeira/SP

O Ibama - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis está investigando desmatamentos ocorridos no Vale do Ribeira, sul do Estado de São Paulo. As denúncias foram feitas por moradores da região. Segundo eles, o desmate est

  
  

O Ibama - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis está investigando desmatamentos ocorridos no Vale do Ribeira, sul do Estado de São Paulo. As denúncias foram feitas por moradores da região.

Segundo eles, o desmate está sendo provocado por pessoas que não moram na área e que retiram a cobertura vegetal para iniciar cultivos de banana nos municípios de Iguape, Miracatu e Pedro de Toledo.

Na quarta-feira (17/8) representantes do Ibama foram convidados a participar de um `empate` (reunião de posicionamento) patrocinado pelos moradores e também a visitar as áreas desmatadas. De acordo com o analista ambiental Eliel Pereira de Souza, cerca de 300 ha de mata atlântica foram derrubados.

`A situação preocupa, ainda mais porque parte da área afetada está dentro da ESEC Juréia-Itatins, unidade de conservação estadual`.

Na quinta-feira (18/8), em nova reunião, foram traçadas estratégias conjuntas para identificação e autuação dos infratores.

`Estamos procurando aglutinar forças com a Polícia Ambiental, Instituto Florestal, Incra, prefeituras e moradores para deter esse processo de desmate`, explicou Eliel Souza. Entre os pontos comuns defendidos pelos participantes da reunião está a reativação de postos de fiscalização e a realização de rondas semanais pelas áreas.

Fonte: Ibama

  
  

Publicado por em