Ibama apreende aves ameaçadas de extinção no interior de Minas Gerais

Oswaldo Luiz Costa, residente em Campina Verde (no Triângulo Mineiro), foi multado em 200 mil reais por manter 400 pássaros em cativeiro sem anilha de identificação do registro no Ibama - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renov

  
  

Oswaldo Luiz Costa, residente em Campina Verde (no Triângulo Mineiro), foi multado em 200 mil reais por manter 400 pássaros em cativeiro sem anilha de identificação do registro no Ibama - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis.

Destes, 377 canários da terra e seis curiós estão na lista de animais ameaçados de extinção. Completam a relação de apreendidos: dois pássaros pretos, dois sabiás-laranjeira, três tico-ticos-rei, dois pintassilgos, duas patativas, dois azulões e quatro bigodinhos.

As aves estavam na Fazenda Fortaleza de Baixo, município de Comendador Gomes (distante 160 km de Uberlândia). Elas corriam risco de morte, já que estavam amontoadas em gaiolas e viveiros em péssimas condições de higiene, com acúmulo de excrementos.

Participaram da operação servidores do Ibama do Escritório Regional de Uberlândia e da Polícia Florestal. Segundo o chefe do Escritório de Uberlândia, Huyghens Caetano da Fonseca, "os pássaros foram soltos na região, pois estavam em boas condições de saúde".

"As aves apreendidas", continua Caetano, "segundo denúncia anônima, seriam repassadas a traficantes em São José do Rio Preto (SP) e depois levadas para o Rio de Janeiro e São Paulo".

O caso será encaminhado ao Ministério Público federal para abertura de inquérito. Oswaldo Luiz Costa pode ser condenado de seis a um ano de detenção.

Fonte: Ibama

  
  

Publicado por em

ISMAEL RUBENS MERLINO

ISMAEL RUBENS MERLINO

28/09/2010 16:38:50
Por gentileza, será que o IBAMA toma providências de pesca ilegal por profissionais? Fiz uma denúncia para a Polícia ambiental de Minas Gerais, mas não obtive resposta. Estão agindo criminosamente no Rio Paracátú (pescadores profissionais utilizando tarrafas e redes em locais proibidos). Podem me ajudar a formalizar a denúncia. Grato.

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Ismael, Não temos como formalizar a sua denúncia, mas apoiamos seu engajamento em proteger nosso meio ambiente! Contate o Ibama e lute por essa causa! Equipe EcoViagem
Joyce Almeida de Paiva

Joyce Almeida de Paiva

16/05/2009 10:18:49
Eu gostei dessa matéria e espero um dia estar ajudando o Ibama pois quero ser bióloga.
Já sei várias coisas sobre animais e desde os 5 anos de idade já penso em ser bióloga acho muito interessante o trabalho de vocês tenho 13 anos e amo os animais!!!!!!!!!!!!!!!!