Ibama doa madeira para recuperação de dependentes químicos

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) doou 280 metros cúbicos de madeira em toras das espécies: amapá, mamorana, breu, boloteira, faleira, mururé e massaranduba ao Desafio Jovem de Belém. A instituição vai u

  
  

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) doou 280 metros cúbicos de madeira em toras das espécies: amapá, mamorana, breu, boloteira, faleira, mururé e massaranduba ao Desafio Jovem de Belém.

A instituição vai utilizar a madeira na construção de salas de aulas, móveis e utensílios diversos necessários ao funcionamento da instituição, que atende centenas de jovens na Região Metropolitana de Belém (RMB), Norte do País.

O desafio é ligado ao movimento social das igrejas evangélicas em Belém do Pará e executa projetos de inclusão social com dependentes químicos. A madeira doada a entidade é resultado de apreensão em operações do Ibama em 2002.

Segundo a gerência do Ibama, todo o processo de beneficiamento e aproveitamento final do produto florestal doado ao Desafio Jovem terá acompanhamento dos analistas ambientais da comissão de doação do órgão em Belém.

Esta é a segunda doação feita este mês a instituições que executam projetos sociais na região metropolitana de Belém. A primeira, semana passada, foi de 120 metros cúbicos de madeira serrada de várias espécies doadas ao Centro de Valorização da Criança, localizado em Icoaraci, distrito de Belém.

Fonte: Ibama/PA

  
  

Publicado por em