Ibama vai intensificar fiscalização dos ecossistemas

O aprimoramento da fiscalização dos ecossistemas nacionais, do ponto de vista humano e de satélites, e o controle social nas áreas quentes e com problemas, como o sul do Pará, Rondônia, mata-atlântica, sul da Bahia, e norte do Mato-Grosso, entre outras, s

  
  

O aprimoramento da fiscalização dos ecossistemas nacionais, do ponto de vista humano e de satélites, e o controle social nas áreas quentes e com problemas, como o sul do Pará, Rondônia, mata-atlântica, sul da Bahia, e norte do Mato-Grosso, entre outras, são os fatores que mais angustiam o novo presidente do Ibama, Marcus Luiz Barroso Barros, em sua chegada ao órgão.

Em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional AM, ele disse que a intenção é criar até o final dos quatro anos de governo 2 mil novos postos de trabalho no Instituto. Os novos funcionários, segundo Barros, serão responsáveis pelo trabalho de ponta no processo de fiscalização do meio ambiente. Até o final deste ano deverão ser contratados 500 novos servidores.

Fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em