Incra-PE quer fazer corredores ecológicos nos locais de assentamentos de famílias rurais

O assegurador ambiental do Incra/PE - Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, Davi Ferraz, divulgou, durante o I Encontro da Rede de ONG´s da Mata Atlântica para os estados da Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, no dia 29 de abril, no Rec

  
  

O assegurador ambiental do Incra/PE - Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, Davi Ferraz, divulgou, durante o I Encontro da Rede de ONG´s da Mata Atlântica para os estados da Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, no dia 29 de abril, no Recife (PE), que o órgão está trabalhando para criação de corredores ecológicos nos locais de assentamentos de famílias rurais.

Um dos primeiros municípios a serem contemplados com a iniciativa é Tamandaré, em Pernambuco. Lá existem 12 assentamentos que correspondem a 90% da área do município.

"A preservação da Mata Atlântica nas áreas assentadas está assegurada por lei. Temos alertado às famílias, através de palestras sobre a importância da manutenção das nossas florestas", ressaltou ele.

O município de Tamandaré está situado na zona da Mata com 9.870 hectares, tendo mais de 90% do seu território inseridos no bioma Mata Atlântica de acordo com o Sistema de Informações Geográficas do Instituto Ambiental.

Fonte: Rede de ONG´s da Mata Atlântica

  
  

Publicado por em

Agricio Caldeira Effgen

Agricio Caldeira Effgen

16/10/2008 14:45:47
Os corredores ecologico é uma forma de reflorestar e proteger os ecossistema. Mas com este recurso muitos pequenos assentados não ficam satisfeito com este ato, devido a pequena area produtiva, que automaticamente vai ser reflorestada...