INPE inaugurou equipamento para estudo de imagens solares

O Brasil ingressou no seleto grupo de países que dispõem de instrumentos capazes de obter imagens solares com alta resolução espacial com a inauguração, no dia 22/4, no Inpe - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, em São José dos Campos (SP), do prim

  
  

O Brasil ingressou no seleto grupo de países que dispõem de instrumentos capazes de obter imagens solares com alta resolução espacial com a inauguração, no dia 22/4, no Inpe - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, em São José dos Campos (SP), do primeiro rádio-interferômetro desenvolvido e construído no país com mais de 50% de tecnologia nacional.

Equipado com tecnologia digital de última geração, o PBDA - Protótipo do Arranjo Decimétrico Brasileiro, instalado na divisão de astrofísica do instituto, pode registrar até dez imagens solares por segundo utilizando ondas de rádio na faixa de freqüência de 1200 a 5000 Mhz.

As imagens serão captadas por 38 antenas parabólicas de 5 metros de diâmetro cada, distribuídas ao longo de 4 quilômetros nas direções leste-oeste e sul.

Único na América Latina, o equipamento cobre a lacuna entre os instrumentos instalados na Europa e nos Estados Unidos, possibilitando uma cobertura de 24 horas de observações interferométricas no mundo.

Com ele também será possível incrementar as pesquisas científicas do Sol, centro galático e nuvens de formação de estrelas em desenvolvimento no país. Internamente, o PBDA será fundamental para o avanço de atividades do programa brasileiro de previsão do clima espacial.

Dentre os potencias usuários deste serviço está a AEB - Agência Espacial Brasileira, que poderá determinar janelas para o lançamento de foguetes e satélites ao espaço.

Fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em