Mais importante feira agrícola do País acontece em Mato Grosso

A Neiva, subsidiária integral da Embraer, apresenta no show agrícola de Rondonópolis o primeiro Ipanema a álcool destinado a operar nas lavouras de soja, algodão e milho do Mato Grosso. O avião ficará ao lado do estande da Neiva durante todo o evento,

  
  

A Neiva, subsidiária integral da Embraer, apresenta no show agrícola de Rondonópolis o primeiro Ipanema a álcool destinado a operar nas lavouras de soja, algodão e milho do Mato Grosso.

O avião ficará ao lado do estande da Neiva durante todo o evento, que se realiza entre 19 e 23 de abril no Parque de Exposição Wilmar Peres de Faria, a 220 km da capital Cuiabá.

A feira de Rondonópolis, também conhecida como Agrishow Cerrado, está em sua quarta edição e é considerada a mais importante para o agronegócio do Brasil.

Este ano, Rondonópolis contará com 270 expositores e terá a presença de Adilton Sachetti, prefeito da cidade que sedia o evento, e de Blairo Maggi, Governador do Mato Grosso.

Após a abertura oficial da exposição, está prevista, no estande da Neiva, a entrega solene do primeiro avião a álcool comercializado no Estado do Mato Grosso pelo Governador Maggi.

`A pulverização aérea com o Ipanema a álcool trará grandes vantagens ao produtor do Mato Grosso`, disse Luiz Fabiano Zacarelli, Gerente Comercial da Neiva.

`Além das vantagens intrínsecas da pulverização não-terrestre, a versão a álcool do Ipanema barateia os custos com combustível e manutenção do motor, já que sua tecnologia permite que ocorra um desgaste menor do mesmo.`

O álcool é de três a quatro vezes mais barato que a gasolina de aviação (Aviation Gasoline - `AvGas`) e a Neiva registrou o nome `AvAlc` (Aviation Alcohol) no Brasil para o uso desta fonte de energia, altamente ecológica.

O Ipanema da Neiva é o primeiro avião do mundo certificado para sair de fábrica com o motor a álcool. Testes já demonstram uma melhora no desempenho geral da aeronave em relação à sua versão a gasolina, seja do ponto de vista da dimunuição de sua distância de decolagem, do aumento da razão de subida, ou de suas velocidade e altitude máximas. O motor a álcool do Ipanema também é 5% mais potente que o motor a gasolina do mesmo avião.

Além disso, o uso do motor a álcool poderá aumentar o intervalo entre revisões do motor. Dessa forma, a conversão de motores a gasolina para funcionar com álcool não apenas é possível como desejável do ponto de vista dos custos.

A Neiva já recebeu mais de 110 pedidos de conversões.

O Ipanema é o campeão de vendas da Neiva, com mais de 30 anos de produção ininterrupta. Para 2005, a Neiva prevê a entrega de 72 aeronaves, mantendo-se assim no patamar do último ano. Atualmente, o Ipanema é responsável por cerca de 80% da frota nacional de aviões agrícolas.

Fonte: Embraer

  
  

Publicado por em