Mineradoras de areia são lacradas e multadas em São José dos Campos-SP

O Departamento Estadual de Proteção dos Recursos Naturais – DEPRN, por intermédio de sua Equipe Técnica de São José dos Campos, realizou em 19/1, no período da manhã, uma operação de fiscalização em conjunto com o Ministério Público Federal e a Polí

  
  

O Departamento Estadual de Proteção dos Recursos Naturais – DEPRN, por intermédio de sua Equipe Técnica de São José dos Campos, realizou em 19/1, no período da manhã, uma operação de fiscalização em conjunto com o Ministério Público Federal e a Polícia Militar Ambiental e promoveu a lacração de dois portos de areia no município.

As empresas Extração e Transporte de Areia Perdigão e Extração de Areia Santa Luzia Ltda. tiveram as suas atividades paralisadas por falta de licença da CETESB – Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental e devido a uma lei municipal que proíbe a extração de areia em São José dos Campos. A Polícia
Ambiental aplicou o Auto de Infração Ambiental, com multa no valor de R$ 1.102,03.

Foram apreendidos uma barcaça, três dragas, um barco, três classificadores de areia e duas pás carregadeiras na empresa Perdião, e 32 tíquetes de controle interno de venda de areia, uma pá carregadeira, uma barcaça, três dragas, dois classificadores de areia e quatro batelões na empresa Santa Luzia.

A operação contou com a participação de Ivan Silva de Oliveira, supervisor da Equipe Técnica do DEPRN,em São José dos Campos, Adilson Paulo Prudente do Amaral Filho, procurador da República, e tenente Davi
Souza Silva, da Polícia Ambiental.

Fonte: Cetesb

  
  

Publicado por em