Ministério do Desenvolvimento Agrário suspendeu temporariamente o Banco da Terra

O Ministério do Desenvolvimento Agrário suspendeu temporariamente a tramitação e o envio de novos projetos de financiamento do programa de crédito fundiário Banco da Terra. O objetivo da suspensão é aperfeiçoar e tornar o sistema de controle das operações

  
  

O Ministério do Desenvolvimento Agrário suspendeu temporariamente a tramitação e o envio de novos projetos de financiamento do programa de crédito fundiário Banco da Terra. O objetivo da suspensão é aperfeiçoar e tornar o sistema de controle das operações mais rigoroso.

A continuidade do Banco da Terra está assegurada, de acordo com o secretário de Reestruturação Fundiária, Eugênio Peixoto, pois é considerado importante instrumento de crédito para atender a agricultores familiares minifundistas.

Desde o ano passado, as agências de bancos públicos que operam o programa receberam solicitação de coleta de dados sobre contratos assinados, mas muitas ainda não concluíram o trabalho. O prazo para finalização é o próximo dia 3 de fevereiro.

A suspensão não se aplica aos projetos no âmbito do Projeto de Crédito Fundiário e Combate à pobreza Rural.O levantamento irá apurar problemas de infra-estrutura, capacidade de pagamento dos beneficiários e desvios de finalidade.

Fonte: ANT

  
  

Publicado por em