Museu Baleeiro de New Bedford firma acordo com o Museu da Baleia de Imbituba-SC

A mais importante instituição de pesquisa e preservação histórica da atividade baleeira no planeta, o Museu Baleeiro de New Bedford, firmou um Acordo de Cooperação com o Projeto Baleia Franca, do Brasil, para apoiar a conclusão do Museu da Baleia de Imbit

  
  

A mais importante instituição de pesquisa e preservação histórica da atividade baleeira no planeta, o Museu Baleeiro de New Bedford, firmou um Acordo de Cooperação com o Projeto Baleia Franca, do Brasil, para apoiar a conclusão do Museu da Baleia de Imbituba e formalizar uma relação de longo prazo visando promover o resgate e a pesquisa da história da caça de baleias em águas brasileiras, bem como educar o público para a conservação das baleias através do conhecimento dos aspectos históricos e culturais da presença das baleias no Brasil.

Reconhecendo a contribuição do Projeto Baleia Franca para o estudo dahistória baleeira no Brasil, o Museu Baleeiro de New Bedford, naquilo queseus diretores definiram como "uma aliança estratégica", ofereceram cooperação para concluir o Museu da Baleia de Imbituba, fornecendoinformações e artefatos sobre a caça à baleia no Brasil pelas frotasamericanas nos séculos XVIII e XIX, promovendo o intercâmbio de técnicos epesquisadores, e cooperando na criação de programas e projetos educacionaisde interesse mútuo.

No Acordo de Cooperação firmado, os diretores do Museu Baleeiro de NewBedford e do Projeto Baleia Franca declaram "compartilhar da certeza de que, através de uma maior compreensão da história das interações humanas com asbaleias, nossas comunidades nos Estados Unidos e no Brasil possam aprendersobre seus laços históricos e suas resonsabilidades atuais e futuras comoguardiões da História e também do mundo natural.

Em Imbituba, na costa sul de Santa Catarina, as ruínas da última estaçãobaleeira do sul do Brasil (que matou baleias francas até 1973) foramdeclaradas como Patrimônio Histórico Municipal e cedidas em comodato aoProjeto Baleia Franca, administrado pela Coalizão Internacional da VidaSilvestre - IWC/BRASIL com recursos da Petrobras, para a criação do Museu daBaleia.

Com o apoio da comunidade local, a reconstrução histórica do prédiofoi completada em setembro de 2002. Atualmente os pesquisadores do Projetose empenham na coleta de dados históricos, artefatos e documentos, e noplanejamento das exposições que deverão ser abertas ao público durante o anode 2003.

Fonte: IWC/Brasil

  
  

Publicado por em