Mutirão vai revitalizar a Rodovia das Cataratas

Empresas de Foz do Iguaçu assumiram a responsabilidade de revitalizar as margens da Rodovia das Cataratas. O compromisso foi endossado numa reunião de quase 100 empresários com estabelecimentos na principal via turística da cidade e representantes de enti

  
  

Empresas de Foz do Iguaçu assumiram a responsabilidade de revitalizar as margens da Rodovia das Cataratas. O compromisso foi endossado numa reunião de quase 100 empresários com estabelecimentos na principal via turística da cidade e representantes de
entidades ligadas ao turismo, realizado na terça-feira, 2/2, no Restaurante Porto Canoas, no Parque Nacional do Iguaçu.

A decisão foi tomada após a Prefeitura de Foz, organizadora do encontro, convencer a classe empresarial a assumir o projeto.

Segundo a administração pública, a melhoria por inteiro, bem como a duplicação da avenida, depende de recursos do governo federal, cujo prazo para liberação “é incerto”.

A iniciativa consiste em transformar os 14 quilômetros da BR 469, no trecho do Iguassu Boulevard (Vila Yolanda)até o Parque Nacional do Iguaçu num cartão-postal.

Pelo acordo, as margens serão inicialmente roçadas e niveladas. Depois, será plantada grama esmeralda no percurso combinado.

A conservação do paisagismo deve ficar sob responsabilidade da Queiróz Galvão, empresa encarregada da limpeza pública do município. A concessionária acredita ser possível fazer a manutenção ao menos uma vez por mês.

“O plantio da grama significa tirar o aspecto de abandono da avenida.Daqu a cinco meses, ela transformará a rodovia num grande jardim”, afirmou o prefeito de Foz, Paulo Mac Donald Ghisi, que acumula a função de secretario municipal de Turismo.

Conforme o prefeito, a cidade não pode esperar o DNIT (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes) porque a liberação dos recursos do Prodetur (Programa de Desenvolvimento do Turismo) pode demorar “um, dois, três até dez anos”.

Empresas:

A primeira a aderir ao “mutirão” foi Cataratas do Iguaçu S.A. Segundo o gerente-geral da concessionária, Wádis Benvenutti, a empresa já faz a manutenção dos 12 quilômetros da rodovia que estão dentro do Parque Nacional do Iguaçu, mas em virtude do espírito coletivo “assumimos mais dois quilômetros do trecho” externo ao PNI.

A segunda adesão veio do Sicoob Credioeste. “O objetivo da cooperativa é o desenvolvimento da cidade.Ajudando a melhorar a paisagem na Rodovia das Cataratas estamos ajudando o crescimento do turismo, a mola propulsora da nossa economia”, afirmou o gerente de expansão da cooperativa de crédito, engenheiro José Aldemar dos Santos Maués.

Depois de outras adesões, coube ao Tropical das Cataratas fechar o rol de empresas que assumiram o compromisso de revitalizar a avenida.

“O hotel confirma sua integração com a comunidade, seja participando das ações ambientais em parceria com as concessionárias do Parque Nacional do Iguaçu e o Ibama, seja apoiando iniciativas de interesse do município”, anunciou o gerente-executivo do hotel da Tropical Hotels & Resorts Brasil, Renato Ojeda .

Além das empresas citadas, endossaram a ata de
compromisso o Panorama Materiais de Construção, o Iguassu Administrações, Localiza Rent a Car, Posto Azteca, Hotel Mabu, Hotel Bourbon, Hotel Colonial, Clube
Árabe, Chocolate Caseiro, Parque das Aves, Hotel San Juan, Hotel San Martin, Acquamania Parque Acquático, Iguassu Boulevard, Churrascaria Rafain, Hotel Florença,Royal Parque Hotel, Boate Cristal, além de um grupo de vereadores.

Fonte: Agência Front

  
  

Publicado por em