No verão aumentam os casos de leptospirose

As pessoas devem redobrar os cuidados para evitar contato prolongado com a água de enchentes durante o período de verão quando a forte chuva causa inundação em muitas cidades e aumentam os casos de leptospirose. O alerta é do médico residente da infec

  
  

As pessoas devem redobrar os cuidados para evitar contato prolongado com a água de enchentes durante o período de verão quando a forte chuva causa inundação em muitas cidades e aumentam os casos de leptospirose.

O alerta é do médico residente da infectologia do Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) Laudo Yogui.O médico lembra que a maioria dos casos de contágio ocorre por meio de contato com água de enchente contaminada pela urina de rato.

A bactéria causadora da doença penetra no organismo das pessoas por meio de feridas, cortes na pela e pela ingestão de água e alimentos contaminados.Os sintomas da doença são febre, mal estar, dor de cabeça e muscular. Também são frequentes dores abdominais, náuseas e diarréia, acarretando desidratação, e hemorragias.

Se não tratada a leptospirose pode levar a pessoa à morte. A contaminação pela água poluída pode também acarretar outras formas de infecções bacterianas e virais, como hepatite A e diarréia.

Fonte: Radiobras

  
  

Publicado por em