Balneário Camboriú sediará lançamento de megaprojeto para preservação de recursos hídricos

A Petrobras lança neste sábado, 17/1, em Santa Catarina, o projeto `De Olho no Ambiente`, para sensibilizar moradores locais e veranistas sobre a importância da preservação dos recursos hídricos, saneamento básico e do uso racional de água. De caráter

  
  

A Petrobras lança neste sábado, 17/1, em Santa Catarina, o projeto `De Olho no Ambiente`, para sensibilizar moradores locais e veranistas sobre a importância da preservação dos recursos hídricos, saneamento básico e do uso racional de água.

De caráter nacional, a iniciativa também acontece em outras 12 praias do litoral brasileiro (da região norte à região sul do país).

Em Santa Catarina, o lançamento será às 11 horas, com brunch para a imprensa, autoridades e convidados, na praia central de Balneário Camboriú, no Pontal Norte, junto ao acesso à estrada da Rainha e ficará aberto ao público, diariamente, das 11h às 20h, até o dia 15 de fevereiro.

O projeto da Petrobras será desenvolvido em uma arena superior a 1.000 metros quadrados, composta de três tendas, em parceria com a organização não-governamental Grupo Pau-Campeche.

Entre as atividades programadas estão palestras, oficinas infantis de educação ambiental e outras ações identificadas com o tema água.

Além disso, haverá exposições sobre as iniciativas de proteção ao meio ambiente patrocinadas pela empresa, que, nos últimos três anos investiu R$ 18 milhões em programas ambientais, entre eles os de preservação de espécies ameaçadas de extinção, como as baleias franca e jubarte, o peixe-boi e a tartaruga marinha.

Nas tendas serão distribuídas cartilhas com noções de proteção ao meio ambiente. O espaço também terá fórum para apresentação de palestras e debates. As conclusões serão reunidas e encaminhadas a autoridades governamentais, apresentando soluções e sugerindo convênios para a execução das propostas.

Esportes radicais e poluição :

Em Balneário Camboriú, as atividades principais ocorrerão na tenda grande, onde os moradores e veranistas poderão ainda assistir a CD interativo sobre questões relacionadas com a água em Santa Catarina.

Por meio de computadores disponibilizados pela Petrobras serão mostrados pontos turísticos, opções de ecoturismo e de prática de esportes radicais na água.

O material também apresentará os principais rios do estado e os problemas que afetam as bacias hidrográficas, tais como poluição, destruição da mata ciliar, comprometimento dos mananciais para abastecimento de água,saneamento básico, salinização, tratamento da água, assoreamento dos cursos de água, e aspectos do ambiente marinho, manguezais, restingas, entre outros. Também serão mostrados kits de análise de água de diversas procedências.

No mini-auditório do espaço ocorrerão palestras e debates as segundas e quintas-feiras, a partir das 18h. Dia 19/1,
segunda-feira, João de Deus Medeiros, da ONG Pau-Campeche, fala sobre o tema mata ciliar.

No espaço destinado às crianças, as oficinas ocorrerão na praia. As atividades previstas são: pintura de rosto, teatro de bonecos, escalada e surf infantil (com foco no tema esporte e meio ambiente). Uma tenda também foi reservada para exposição e comercialização de produtos de ONGs convidadas.

Desdobramentos futuros :

Nos próximos dois anos, o projeto “De Olho no Ambiente”, que custará cerca de R$ 3,6 milhões,deverá se expandir para outras localidades, contribuindo para montar uma agenda ambiental regional, contemplando as
aspirações das comunidades, alinhando as ações propostas às políticas de meio ambiente e de responsabilidade social da Petrobras.

As discussões deverão enfatizar problemas relacionados a recursos hídricos, saneamento e economia de água. A água é o tema dos projetos a serem escolhidos em seleção pública no Programa Petrobras Ambiental, que investirá R$ 40 milhões em propostas que valorizem o uso racional da água.

Escassez da água :

Além de ser um elemento vital para a existência da vida na terra, a água é um bem mineral que propicia saúde, conforto e riqueza ao homem, por meio de seus incontáveis usos, dos quais se destacam o abastecimento das populações, a irrigação, produção de energia, navegação e os processos de saneamento ambiental.

Presente em rios, lagos e lençóis subterrâneos, a água doce corresponde a menos de 0,3% do volume total do produto existente no planeta. De acordo com os especialistas, somente um centésimo da água existente no mundo está à disposição da vida terrestre, somando cerca de 113 trilhões de metros cúbicos.

Água no Brasil :

Dotado de uma extensa rede hidrográfica, o Brasil é ainda privilegiado por um clima excepcional que assegura chuvas abundantes e regulares em boa parte do seu território. O País dispõe de 15% da água doce existente no
mundo, ou seja, 17 trilhões de metros cúbicos estão disponíveis para a população brasileira.

No processo de reciclagem, a quase totalidade dessas águas é recolhida pelas seis grandes bacias hidrográficas: Amazonas, Tocantins, São Francisco,Paraná, Paraguai e Uruguai. Dos 110 milhões de brasileiros residentes em centros urbanos, apenas 40 milhões dispõem de redes de esgotos.

Destes, uma minoria de 4 milhões tem seus esgotos tratados, antes que a água retorne ao leito dos rios.Estima-se que 10 bilhões de litros de esgoto são lançados por dia, no solo ou nos cursos d’água.

Mata Atlântica

Fundado em 1995, o Grupo Pau-Campeche é filiado à federação das entidades ecologistas catarinenses e integra a Fundação SOS Mata Atlântica. Com sede em Florianópolis, atua na conscientização para a preservação da floresta nativa, por meio de várias iniciativas como um viveiro de mudas e plantas da Mata Atlântica.

SERVIÇO

O quê? – Lançamento do projeto nacional “De Olho no Ambiente”, em SC

Quando? – Sábado, dia 17 de janeiro, às 11h

Onde? – Na rótula da avenida Atlântica com a estrada da Rainha, região do Pontal Norte, em Balneário Camboriú Horário de visitação – Diariamente das 11 às 20 horas

Fonte: Ass.Imprensa Coord. Regional de Com.SP-Sul

  
  

Publicado por em