Brasil é exemplo na gestão pública da água, diz ONG britânica

O gerenciamento de água e esgoto feito pelo setor público em quatro municípios do Brasil é citado como exemplo e inspiração por uma ONG do Reino Unido em um relatório divulgado nesta quinta-feira (22). S

  
  

O gerenciamento de água e esgoto feito pelo setor público em quatro municípios do Brasil é citado como exemplo e inspiração por uma ONG do Reino Unido em um relatório divulgado nesta quinta-feira (22).

Segundo o documento, lançado por ocasião do Dia Mundial da Água, iniciativas públicas nas cidades de Alagoinhas (BA), Guarulhos (SP), Porto Alegre (RS) e Unaí (MG) "mostram uma visão de universalidade, justiça e igualdade".

A ONG World Development Movement, responsável pelo relatório, diz que os fornecedores de água nas quatro cidades "oferecem inspiração para aqueles interessados em combater a crise global de água".

"Está claro que esses fornecedores municipais no Brasil podem nos ensinar muito sobre como ter redes de distribuição de água democráticas e eficientes", disse o diretor da ONG, Benedict Southworth.

"Eles oferecem uma visão de água e saneamento básico que coloca o usuário no coração de tudo e dá inspiração a outros fornecedores que têm grandes dificuldades com o desafio de levar água aos mais pobres."

Mobilização - Todos os casos brasileiros analisados pela ONG no relatório intitulado Going Public: Southern Solutions to the Global Water Crisis ("Apostando no Serviço Público: Soluções do Sul para a Crise Global de Água", em tradução livre) têm em comum a ação da própria comunidade em conjunto com o poder público para melhorar o serviço de água e esgoto.

Em Guarulhos, por exemplo, o relatório diz que a mobilização popular levou à instalação de novos reservatórios e a uma melhor distribuição.

No caso de Porto Alegre, outro projeto teve como destaque a participação das mulheres, e a comunidade assumiu parte da responsabilidade pela qualidade do serviço.

Em uma nota comunicando a divulgação do relatório, a World Development Movement também cita o anúncio feito nesta quarta-feira pelo governo britânico de que vai apoiar parcerias com empresas públicas de água e esgoto de outros países e diz que espera que os britânicos aproveitem os bons exemplos do Brasil.

"O conhecimento adquirido por empresas públicas de água em países do sul, como o Brasil, é uma imensa fonte não-aproveitada que pode nos ajudar a combater a crise global de água", disse Southworth.

(BBC Brasil/ Folha Online)

  
  

Publicado por em