Construção de plano nacional de águas conta com R$ 3,7 milhões

A construção do Plano Nacional de Recursos Hídricos conta, a partir de 2 de março, com US$ 1,44 milhão (cerca de R$ 3,7 milhões). Os recursos foram garantidos com a assinatura de um termo de cooperação entre o Ministério do Meio Ambiente e o Banco Interam

  
  

A construção do Plano Nacional de Recursos Hídricos conta, a partir de 2 de março, com US$ 1,44 milhão (cerca de R$ 3,7 milhões). Os recursos foram garantidos com a assinatura de um termo de cooperação entre o Ministério do Meio Ambiente e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Pelo acordo, o BID repassará US$ 550 mil, e os outros US$ 890 mil serão garantidos pelo Ministério do Meio Ambiente, Organização dos Estados Americanos (OEA), Banco Mundial, Confederação Nacional da Indústria (CNI), Programa Pantanal e Pró-Água.

O acordo foi firmado nesta quarta-feira, em Brasília, pela ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, e pelo representante do BID no Brasil, Waldemar Wirsig.

`Um bom processo levará a um bom resultado. O plano nacional de recursos hídricos será o fruto do esforço coletivo da sociedade`, disse Marina Silva.

De acordo com o secretário de Recursos Hídricos do MMA, João Bosco Senra, os debates sobre o plano nacional deverão estar concluídos até fim do ano.Logo após, o texto poderá ser votado pelo Conselho Nacional de Recursos Hídricos.

Fonte: SRH/MMA

  
  

Publicado por em