Estudo revela que árvores não ajudam a administrar água da chuva

Uma equipe de cientistas britânicos descobriu que as raízes das árvores absorvem a água da chuva duas vezes mais rápido que as raízes das outras plantas e depois não a devolvem à terra para mantê-la úmida. Segundo a edição da sexta-feira (31/7) do jorn

  
  

Uma equipe de cientistas britânicos descobriu que as raízes das árvores absorvem a água da chuva duas vezes mais rápido que as raízes das outras plantas e depois não a devolvem à terra para mantê-la úmida.

Segundo a edição da sexta-feira (31/7) do jornal britânico The Guardian, as florestas poderiam não ter a função que era atribuída a elas até agora de ser uma esponja que ajuda a conservar a água ao absorvê-la na época de chuvas, armazená-la em suas raízes e devolvê-la à terra.

Esta descoberta contradiz os princípios de conservação desse elemento, que se baseiam na teoria de que as árvores contribuem para economizar água e que está sendo desenvolvida em países como Índia, China, Costa Rica e Panamá.

`Normalmente, as florestas esbanjam mais água que outro tipo de vegetação`, observou Ian Calder, especialista da Universidade de Newcastle (norte da Inglaterra).

O motivo é que as árvores têm raízes mais profundas e são mais altas que outras plantas, por isso, quando estão úmidas, suas copas soltam vapor na atmosfera em vez de deixar a umidade na terra, o que permite a esta conservar a água necessária para enfrentar as secas.

Calder lembrou que as florestas são um elemento importante e beneficente para o ecossistema, mas se o que se pretende é economizar água, a saída nem sempre está em plantar mais árvores. Segundo o jornal, em 2025 cerca da metade da população mundial sofrerá de escassez de água.

Fonte: EFE

  
  

Publicado por em