Fórum Social das Águas ocorre em quatro cidades

Por: Thadeu Melo – thadeu.melo@uol.com.br O Fórum Social das Águas (FSA) da América Latina teve seu primeiro dia de atividades envolto pela névoa e pela garoa do clima serrano de Cotia, Grande São Paulo. Organizado por ativistas ambientais que trabalha

  
  

Por: Thadeu Melo – thadeu.melo@uol.com.br

O Fórum Social das Águas (FSA) da América Latina teve seu primeiro dia de atividades envolto pela névoa e pela garoa do clima serrano de Cotia, Grande São Paulo. Organizado por ativistas ambientais que trabalham em defesa da água, o evento traz debates e painéis sobre o tema.

O Fórum também ocorre em outras três cidades (Nova Délhi, Florença e Nova Iorque) durante esta que é a semana da água no assim declarado ano internacional da água doce. Accra, em Gana, receberá o evento em abril.

Entre os dias 16 e 23 de março, estarão reunidos em Cotia representantes governamentais e da sociedade civil para debater e determinar estratégias para a gestão das águas com base em seu valor social, não econômico. Em contraposição ao Fórum Mundial das Águas, realizado no mesmo período em Quito, no Japão, que possui ênfase nas pretensões de privatização dos recursos hídricos, o evento latino-americano é organizado pelo Movimento Grito das Águas (Brasil) e pela IGWC (International Global Water Coalition), com sede na França.

Será abordado um eixo temático por dia: Educação e Cultura (dia 17); Meios de comunicação (18); Saneamento, energia, aqüicultura e turismo (19); Ciência, tecnologia e recursos (20); Direito Ambiental (21) e Controle social das águas (22). Dia 23 ocorrerão os atos de encerramento. Dias 21 e 22 reservam as atividades mais importantes em nível global, quando se reunirão ativistas de outras partes do mundo.

O evento conta com o apoio da Prefeitura do Município de São Paulo, Funlago e Instituto Vis Viva de Fomento Sócio-ambiental e do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo e Região Mais informações sobre o Fórum: www.forumsocialdasaguas.com.br

Fonte: EcoAgência de Notícias - www.ecoagencia.com.br

  
  

Publicado por em