Iniciada a cobrança pelo uso da água do Rio Paraíba do Sul

Uma indústria têxtil de São Paulo foi a primeira a pagar a taxa inédita pelo uso da água da Bacia do Rio Paraíba do Sul. ANA - Agência Nacional de Águas emitiu 4.175 boletos, que venceram no dia 31 de março. A taxa deve ser paga por empresas, companh

  
  

Uma indústria têxtil de São Paulo foi a primeira a pagar a taxa inédita pelo uso da água da Bacia do Rio Paraíba do Sul. ANA - Agência Nacional de Águas emitiu 4.175 boletos, que venceram no dia 31 de março.

A taxa deve ser paga por empresas, companhias de saneamento e irrigadores de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais que captam água ou lançam poluentes na bacia.

A cobrança, que integra o sistema de outorgas, adotado para prevenir a escassez de água no País, será estendida a outras bacias. No Paraíba do Sul, o valor por metro cúbico varia entre R$ 0,008 a R$ 0,28, dependendo da atividade do usuário.

Quanto mais poluente o empreendimento, mais cara a taxa. Mas para cada setor há uma quantidade mínima de uso isenta de taxa.

Fonte: ANA

  
  

Publicado por em