Mau uso da água custa caro para a população

O engenheiro Julio Tadeu Kettelhut, representante do MMA -Ministério do Meio Ambiente, disse na segunda-feira (22/3) que a sociedade paga de forma indireta pelo mau uso da água e pela má administração dos recursos hídricos. Segundo ele, isso pode ser

  
  

O engenheiro Julio Tadeu Kettelhut, representante do MMA -Ministério do Meio Ambiente, disse na segunda-feira (22/3) que a sociedade paga de forma indireta pelo mau uso da água e pela má administração dos recursos hídricos.

Segundo ele, isso pode ser constatado no custo de tratamento de doenças causadas pela ingestão de água imprópria e na distribuição mal feita para a irrigação, que pode diminuir a produção agrícola e aumentar os preços finais dos alimentos, prejudicando principalmente a população de baixa renda. Kettelhut fez as afirmações no `lançamento da Frente Parlamentar pela Defesa da Água.

Para ele, o projeto do deputado estadual Sebastião Almeida, que propõe a discussão do mau uso da água e pretende despertar a consciência da sociedade para a necessidade da preservação, preenche uma lacuna na Lei das Águas.

“Uma das lacunas dessa lei é a incorporação do Poder Legislativo no processo do gerenciamento do recurso. Essa lacuna, de certa forma, vem sendo preenchida com a criação de frentes como essa criada no estado de São Paulo”, ressaltou.

O secretário estadual de Energia e Recursos Hídricos de São Paulo, Mauro Arce, destacou que toda iniciativa que pretenda conscientizar a população é importante, principalmente em um estado que enfrenta a possibilidade de racionamento.

“A região metropolitana de São Paulo, Campinas e a Baixada Santista são os três pontos críticos expostos à carência de água, que não é suficiente para abastecer as necessidades mínimas da população”, disse. Ele defendeu a redução do consumo para evitar o racionamento.

Segundo Arce, o grau de poluição das águas em São Paulo é alto, mas a situação no estado ainda é melhor do que em outras regiões do país.

“Nós temos evoluído, mas ainda há um caminho muito longo a percorrer”, afirmou.

Nos 368 municípios paulistas atendidos pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), mais de 80% têm coleta de esgoto e em 62% ele é tratado.

“Esse não é um problema isolado do nosso estado, mas é de cada um de nós. Só pode ser resolvido com boa vontade de todos. Mas hoje já há consciência de que somos parte do problema e que só com ação é que vamos resolvê-lo”, finalizou.

Fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em

Ellana lais

Ellana lais

12/04/2012 16:14:18
O mau uso da agua é uma falta de respeito. Nem todos disperdiçam, mas todos pagam por este erro...

Marcela

Marcela

21/03/2012 14:18:52
Achei muito bom.

Amandaa

Amandaa

23/06/2011 14:24:34
Hoje no Brasil, pagamos para tratar da água, onde em alguns países, como os Estados Unidos e Europa pagam para população não sujar a água, não poluir esse recurso natural...

Marina

Marina

03/05/2009 20:58:05
Eu achei muito bom e seria melhor ainda se fosse feito em todos os paises, aí as pessoas tomaria conciencia de não poluir a agua :)

Cristiano Barriento

Cristiano Barriento

30/04/2009 09:08:39
Hoje no Brasil, pagamos para tratar da água, onde em alguns Paises, como os Estados Unidos e Europa paga para população não sujar a água, não poluir esse recurso natural, talves essa ideia também seja um bom caminho para o nosso Pais, é muito mais viavel pagar para não contaminar, do que pagar para tratar a água, na realidade para muitos o assunto é polemico...

Cristiano Barriento
Estudante de Gestão Ambiental.

Deivithi

Deivithi

22/11/2008 17:59:30
nossa achei muito
legal e muito
interessante!!!

Valquiria

Valquiria

01/10/2008 09:06:21
EU AMEI
MUITO BOM
Você está de parabens.

Kelly

Kelly

23/09/2008 19:21:00
eu achei isso muito legal

Nilsilene marie mendes padilha

Nilsilene marie mendes padilha

12/09/2008 13:35:56
sobre o mau uso da água?