Nicarágua é um dos maiores compradores de sementes de capim brasileiro

A Embrapa Pecuária Sudeste e o Instituto Nicaraguense de Tecnologia Agropecuaria devem estreitar suas atividades de cooperação tecnológica em função da crescente importação de sementes de capim (forrageiras) pelos pecuaristas da Nicarágua. `As semente

  
  

A Embrapa Pecuária Sudeste e o Instituto Nicaraguense de Tecnologia Agropecuaria devem estreitar suas atividades de cooperação tecnológica em função da crescente importação de sementes de capim (forrageiras) pelos pecuaristas da Nicarágua.

`As sementes forrageiras do Brasil são muito boas, as compras dospecuaristas da Nicarágua aumentam a cada dia, mas ainda há carência de mais orientação técnica e indicações de manejo`, disseram William Chamorro e Francisco Martínez, da Semillas Cristiani Burkard, uma das importadores de sementes brasileiras, com sede na capital, Managua, em visita a Embrapa.

Este ano o Brasil exportará cerca de 70 toneladas de sementes forrageiras para aquele país, um significativo aumento em relação as 20 toneladas exportados em 2002.

Nos últimos três anos o Brasil forneceu à Nicarágua cerca de 150 toneladas de sementes forrageiras, volume que dá para formar cerca de 50 mil hectares de pastagens.

As variedades de sementes de capim mais exportadas pelo Brasil são a Brachiaria brizantha cv marandu (braquiarão), Brachiaria decumbens, Tanzânia, seguidos pelo Mombaça e Brachiaria humidicola.

Fonte: AssCom Pecuária Sudeste

  
  

Publicado por em