Projeto Roda d`água já conta com 280 professores capacitados

No Ano Internacional da Água Doce, Sorocaba, no interior do Estado de São Paulo, fechou balanço de 2003 com a formação de mais 150 professores pertencentes à rede municipal de educação para o projeto de educação ambiental Roda d`água, implantado, em 2001,

  
  

No Ano Internacional da Água Doce, Sorocaba, no interior do Estado de São Paulo, fechou balanço de 2003 com a formação de mais 150 professores pertencentes à rede municipal de educação para o projeto de educação ambiental Roda d`água, implantado, em 2001, pela Prefeitura Municipal em todas as escolas de sua rede, com temas focados na Água.

Ao todo, já são 280 capacitados como agentes multiplicadores desse projeto, que está plenamente integrado aos currículos nacionais do ensino básico, às leis que regem o tema no Brasil (Lei de Diretrizes e Bases e Lei Ambiental) e às diretrizes definidas pela Agenda 21.

Além da formação maciça de multiplicadores, o projeto também já apresenta muitos resultados práticos, alguns até inusitados, como o identificado na Escola Municipal Tereza Ciambelli Gainini, da Vila Nova Sorocaba, onde, numa classe com 29 alunos, os agentes de um outro projeto municipal, o Escola Saudável, constataram a incidência de um alto índice de placas bacterianas nos dentes dos estudantes, fruto de um importante déficit na escovação dental.

Diante de tal informação e motivada a alterar o quadro, a professora, que havia participado do programa de formação do Roda d`água, descobriu que as crianças sabiam, na teoria, a importância da escovação e de como fazê-la de forma correta. No entanto, observou em suas abordagens que as crianças se referiam ao meio ambiente como um fator externo, no qual elas não estariam necessariamente inseridas.

Com os conhecimentos obtidos no curso de formação de professores do Projeto Roda d`água, e com o apoio dos coordenadores do projeto, a professora descobriu que a forma mais eficiente para melhorar a escovação dos alunos seria incentivar a percepção dos alunos de que a preservação ambiental começa também pelo próprio cuidado pessoal, através de uma boa higiene e com a adoção de hábitos saudáveis.

Apoiados em recursos didáticos que incluíam até a realização de uma peça teatral, os professores transformaram em prática a teoria já aprendida e, numa nova avaliação feita pelos agentes de saúde do projeto Escola Saudável, foi constatada uma redução expressiva das placas bacterianas nos dentes dos estudantes daquela série.

`O objetivo deste nosso projeto é o de oferecer aos alunos uma melhor proposta educacional na área ambiental, gerando conhecimentos que serão de grande valia na formação da cidadania plena de nossas crianças`, destaca o prefeito Renato Amary, que também é, desde 1997, presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Sorocaba e Médio Tietê, e grande entusiasta do Roda d`água, lembrando que `de maneira técnica e lúdica, os estudantes sorocabanos estão recebendo as informações necessárias sobre o meio ambiente e sua interferência direta em nosso cotidiano`, salientou o prefeito.

A secretária municipal de Educação e Cultura, Maria Terezinha Del Cistia, também defende a importância da inter-relação entre a teoria e a prática, envolvendo as situações cotidianas das vidas as crianças, como o asseio pessoal, os cuidados com a casa, a preservação do meio ambiente.

Sobre o Projeto

O Roda d`água é um projeto de Educação Ambiental que apresenta um conjunto de subsídios, materiais e sugestões de atividades para o desenvolvimento e a formação em Educação Ambiental, no qual a água - mais especificamente os corpos d`água delimitados regionalmente por uma bacia hidrográfica - é o ponto de partida para a abordagem, o conhecimento, a aprendizagem, as discussões, as conclusões e, finalmente, a tomada de atitudes em busca da preservação, da recuperação e da proteção do meio ambiente.

O Projeto Roda d`água propicia condições para que, a partir de ações locais - a serem iniciadas na escola e em outras instituições -, sejam trilhados os caminhos necessários à transformação social, através de uma educação que contemple o meio ambiente. A responsabilidade dos envolvidos no Projeto, como cidadãos, é constantemente abordada, e todas as etapas motivam para ações e para a difusão efetiva de valores.

Desenvolvido em todas as escolas públicas municipais desde 2001, o projeto Roda d`água integra-se aos programas desenvolvidos pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Educação e Cultura, atingindo mais de 15 mil alunos do ensino fundamental das 32 escolas municipais, pelo menos 280 professores que participaram do programa de formação e receberam o material de apoio, que inclui cadernos didáticos e o mapa da Bacia Hidrográfica do Rio Sorocaba.

O desenvolvimento da metodologia de implantação, elaboração de material de apoio e assessoria para a formação dos educadores é de responsabilidade da empresa paulista OAK Educação e Meio Ambiente, que desde 1998 trabalha na pesquisa e atualização do Projeto Roda d`água.

Para 2004, a expectativa é de que os estudos e resultado obtidos pioneiramente em Sorocaba também sejam multiplicados pelo País através da implantação do projeto em escolas de estados como Goiás, Rio de Janeiro, além dos municípios pertencentes aos outros 21 Comitês de Bacias Hidrográficas existentes no Estado de São Paulo.

OAK - Educação & Meio Ambiente

A OAK Educação e Meio Ambiente, criada em 1998, é uma empresa pioneira em transformar conhecimentos científicos em produtos e projetos ambientais para empresas e municípios. Todo o material produzido pela OAK Educação e Meio Ambiente é fundamentado pelos parâmetros curriculares nacionais, pela Agenda 21, pela Convenção sobre Diversidade Biológica e pela legislação brasileira relativa ao ensino básico e à educação ambiental.

Fonte:Ass.Imprensa da Prefeitura de Sorocaba -SP

  
  

Publicado por em