Resultados da Conferência Nacional orientarão a pauta da Política Nacional de Recursos Hídricos

A Conferência Nacional do Meio Ambiente reuniu em Brasília, entre os dias 28, 29 e 30 de novembro,mais de 900 delegados eleitos nas Pré-Conferências realizadas em todos os estados do País e no Distrito Federal, além de convidados e observadores nacionais

  
  

A Conferência Nacional do Meio Ambiente reuniu
em Brasília, entre os dias 28, 29 e 30 de novembro,mais de 900 delegados eleitos nas Pré-Conferências realizadas em todos os estados do País e no Distrito Federal, além de convidados e observadores nacionais e internacionais.

A abertura da Conferência foi prestigiada com a presença do Presidente Lula, que reafirmou os compromissos do governo na construção do desenvolvimento sustentável e assegurou apoio à aprovação do projeto de preservação da Mata Atlântica,que tramita há 11 anos no Congresso Nacional.

A Ministra Marina Silva, em seu discurso, ressaltou a ampla participação social na fase preparatória à Conferência, demonstrando a disposição do governo em realmente debater com a sociedade sobre as diretrizes da
política nacional de meio ambiente.

Ela disse que o governo quer o acompanhamento social não apenas para legitimar mas também para influenciar as políticas. Marina quer criar uma comissão de implementação das ações propostas na conferência.

O objetivo é garantir que as indicações consideradas prioritárias pelos delegados possam evoluir e se tornarem políticas públicas de governo, tendo em vista o fortalecimento do Sistema Nacional de Meio Ambiente-SISNAMA.

A Ministra convocou os delegados a voltarem a seus estados e trabalharem por um país com sustentabilidade,social, ambiental, cultural, política e principalmente com sustentabilidade ética.

Integrantes da equipe técnica da Secretaria de Recursos Hídricos [SRH] do Ministério do Meio Ambiente participaram das diversas etapas do processo de realização da Conferência Nacional do Meio Ambiente, na elaboração do texto-base, bem como no apoio às Pré-Conferências nos estados e no grupo temático de recursos hídricos em Brasília.

De acordo com o Secretário de Recursos Hídricos, João Bosco Senra, os resultados da Conferência deverão orientar a pauta da Política Nacional de Recursos Hídricos a partir do próximo ano e contribuir com a integração cada vez maior entre a gestão de recursos hídricos e a gestão ambiental.

Fonte: MMA

  
  

Publicado por em