Sorocaba é um dos municípios de destaque na “Década Brasileira da Água”

Nesse início de século 21, marcado pelo esgotamento acelerado, sem precedentes na História, dos recursos naturais do planeta, a água é tida como um elemento estratégico no cenário internacional. Nesse sentido, o Governo instituiu, em março desse ano,

  
  

Nesse início de século 21, marcado pelo esgotamento acelerado, sem precedentes na História, dos recursos naturais do planeta, a água é tida como um elemento estratégico no cenário internacional.

Nesse sentido, o Governo instituiu, em março desse ano, a “Década Brasileira da Água” com o objetivo de promover políticas e programas voltados ao gerenciamento e ao uso responsável dos recursos hídricos em nosso País.

A orientação do poder público sobre como a sociedade pode garantir a manutenção da quantidade e da qualidade de nossas reservas de água doce é um passo fundamental rumo à sustentabilidade. Existe no País uma lacuna enorme nas informações sobre Meio Ambiente que sejam de fácil acesso e compreensão para a população em geral.

O que há disponível são trabalhos técnicos e estatísticos realizados por organizações da sociedade civil e, também, pelos comitês das bacias brasileiras. Diluir essa carência é o principal desafio do novo século, por ser uma condição básica de governabilidade das nações. Para a execução dessa tarefa, a ferramenta mais eficiente é a Educação Ambiental, eleita também pelo Governo como questão-chave de seu planejamento estratégico.

Uma das iniciativas pioneiras de educação ambiental no País é o Roda D’água Sorocaba, uma realização da prefeitura da cidade, por meio da empresa OAK Educação & Meio Ambiente.

Em seu quinto ano, o projeto abrange 33 escolas da rede municipal de ensino, que atende a cerca de mais de 20 mil alunos, e promove a formação de educadores sobre temas como proteção, recuperação e conservação dos recursos hídricos dentro de uma bacia hidrográfica. A idéia central é tentar buscar soluções coletivas para os conflitos da comunidade.

A coordenação pedagógica da OAK acredita que a formação de cidadãos ambientalmente responsáveis pressupõe a vivência de comportamentos ambientalmente corretos que devem ser aprendidos no dia-a-dia da escola. Isto é, tomada como práxis social, a educação ambiental forma agentes críticos capazes de agir e intervir com responsabilidade em seu espaço social.

“O Roda D’água Sorocaba é um exemplo de como a união entre o poder público, iniciativa privada e sociedade civil podem gerar ótimos resultados no Brasil”, afirma Rosana Vazoller, diretora da empresa.

A fórmula do sucesso do Roda D’água Sorocaba, que conquistou a marca de mais de 400 participações de educadores desde a sua criação, está fundamentada no investimento e na assessoria contínua da Prefeitura em sua rede de ensino e do apoio institucional do Comitê de Bacia Hidrográfica dos Rios Sorocaba e Médio Tietê (CBH-SMT).

Para o prefeito da cidade, Vitor Lippi, a educação é o alicerce na construção dos processos participativos, que se preocupam com a qualidade de vida e, também, com a relação entre sociedade e natureza sob suportes sustentáveis.

Sobre o Roda D’água Sorocaba

O projeto é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Sorocaba e conta com o apoio institucional do Comitê de Bacia Hidrográfica dos Rios Sorocaba e Médio Tietê (CBH-SMT), importante organismo de gestão participativa da água, formada por representantes do governo municipal, do estado e da sociedade civil organizada.

A empresa OAK Educação & Meio Ambiente foi contratada para o desenvolvimento da metodologia de implantação do projeto, a produção do material de orientação para os educadores e apresentação de peças teatrais.

Fonte: AG Comunicação Ambiental

  
  

Publicado por em

Gisele tomaz

Gisele tomaz

19/05/2011 14:08:11
A prefeitura de Sorocaba poderia promover uma semana de sustentabilidade, movendo todas as escolas, organizando alunos para fazer limpezas e orientando a população sobre a coleta de lixo, orientando principalmente os hoteis sobe a sustentabilidade, onde há muita falta de orientação. assim virão muitos lucros para a cidade, sem contar a qualidade de vida na cidade.