Um navio rumo ao 4º Fórum Social Mundial

Por: Thadeu Melo – thadeu.melo@uol.com. Esse é o projeto que um grupo de ativistas internacionais pretende viabilizar para acompanhar o evento a ser realizado na Índia no ano que vem. Depois da primeira viagem, a embarcação continuaria navegando pelo p

  
  

Por: Thadeu Melo – thadeu.melo@uol.com.

Esse é o projeto que um grupo de ativistas internacionais pretende viabilizar para acompanhar o evento a ser realizado na Índia no ano que vem. Depois da primeira viagem, a embarcação continuaria navegando pelo planeta na tarefa de "construção de um novo mundo".

Denominado "Arca do Novo Tempo" o projeto é articulado pela Rede de Arte Planetária, movimento de disseminação da cultura da paz através o intercâmbio de experiências entre os povos. Presente no 3º Fórum Social Mundial, em Porto Alegre, a rede foi responsável pelas atividades realizadas na Tenda Galáctica, espaço montado à margem do Lago Guaíba.

O grupo pretende divulgar o projeto e conquistar apoio durante o Fórum Social das Águas da América Latina, em Cotia (SP), no qual vem desempenhando atividades relacionadas à cultura da paz sob uma Tenda Galáctica maior que a instalada em Porto Alegre. Sem dimensões definidas, a arca deverá se adaptar ao porte do incentivo dado à idéia. Patrocinadora do 3º FSM, a Petrobrás teria se interessado na instalação de um laboratório de novas tecnologias econômicas, sociais, políticas, culturais, espirituais e ecológicas.

O projeto inicial prevê escalas na África do Sul, em Madagascar e em um terceiro porto, ainda a ser definido. As paradas reservam atividades de resistência global, criação e articulação do "Outro Mundo Possível", slogan do FSM. Segundo Thomas Souza, um dos articuladores, o percurso levaria cerca de 50 dias, tempo durante o qual seria "estudado, discutido, elaborado um ambicioso projeto de reconstrução planetária", a ser apresentado no 4º FSM.

A seleção da tripulação se dará pela via da auto-inserção. Um levantamento preliminar indica a existência de 12 navios ancorados na costa brasileira com condições de comportar uma tripulação de 500 pessoas. O grupo está aberto a informações, idéias e parcerias pelo arcadonovotempo@alerta.org.br.

Fonte: EcoAgência de Notícias -

  
  

Publicado por em