Uruguai sediou ato de lançamento do projeto Aqüífero Guarani

Em cerimônia com a presença do presidente do Uruguai, Jorge Batlle, foi realizado na sexta-feira (23), em Montevidéu (Uruguai), o lançamento oficial do Projeto de Proteção Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Sistema Aqüífero Guarani. O Projeto

  
  

Em cerimônia com a presença do presidente do Uruguai, Jorge Batlle, foi realizado na sexta-feira (23), em Montevidéu (Uruguai), o lançamento oficial do Projeto de Proteção Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Sistema Aqüífero Guarani.

O Projeto envolve representantes de Brasil, Uruguai, Paraguai e Argentina – países que compõe o Aqüífero – e tem como objetivo dar apoio à criação de um marco de gestão legal e institucional baseado no aprofundamento dos conhecimentos técnicos e científicos do Sistema Aqüífero Guarani.

Também participaram do ato de lançamento os coordenadores nacionais dos países, representantes da ANA - Agência Nacional de Águas, autoridades nacionais e representantes do Banco Mundial e da Secretaria Geral da OEA, entre outros.

Após o lançamento, um seminário técnico envolvendo as Unidades Nacionais Executoras do projeto, apresentou o Plano de Operações do Projeto e uma discussão posterior.

De acordo com os coordenadores do Projeto, os principais temas em debate são:

1) a construção do mapa base do Sistema
Aqüífero Guarani e a operacionalização de contrapartidas para o conhecimento básico regional;

2) Implementação do Sistema de Informação do Sistema Aqüífero Guarani;

3) Capacitação e reforço institucional para gestores, incluindo as áreas dos Projetos Pilotos.

Ainda nesta quinta-feira, os grupos de trabalho apresentaram suas propostas, que foram consideradas em sessão plenária. Desta reunião, surgiram as conclusões e recomendações para ajustar o Plano de Operações do Projeto, a ser apresentado ao Conselho
Superior da Direção do Projeto.

As atividades foram finalizadas com a reunião do Conselho Superior de Direção do Projeto, na qual assumiram seus cargos as autoridades designadas pelos quatro países.

Reserva Subterrânea

Abrangendo parte dos territórios de Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, o Sistema Aqüífero Guarani é uma das maiores reservas de água subterrânea do mundo, com uma área de aproximadamente 1:200.000 km2. O Projeto tem um caráter preventivo, visando evitar a má utilização da água que, por sua importância para os quatro países, deve ser protegida.

Fonte: AssCom / MMA

  
  

Publicado por em