Vice-presidente da República defende pacto federativo pelas águas

O vice-presidente da República, José Alencar, destacou na quinta-feira (27/3), ao participar do seminário Água, Desenvolvimento e Justiça Ambiental, em Brasília (DF), que a grande mensagem do encontro será a favor do pacto federativo pelas águas nacionais

  
  

O vice-presidente da República, José Alencar, destacou na quinta-feira (27/3), ao participar do seminário "Água, Desenvolvimento e Justiça Ambiental", em Brasília (DF), que a grande mensagem do encontro será a favor do pacto federativo pelas águas nacionais.

Segundo ele, há legislações que são diferentes nos estados, relacionados à administração dos rios. "As águas se encontram e são as mesmas, necessitando de tratamento igual para preservar este bem que é a própria vida. Faltam recursos para tudo, só que não podem faltar para a água, um bem tão importante e fundamental", defendeu.

Na ocasião, José Alencar mencionou diversas manchetes de jornais a respeito da água. Uma dizia "Vamos morrer de sede" e a outra, "Água pode matar 76 milhões em 2020". O vice-presidente brincou afirmando "espero que a manchete esteja errada".

Alencar destacou ainda a preocupação do governo com relação ao meio ambiente e demonstrou admiração e respeito pela ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, presente ao evento.

"Ela é da Amazônia e sabe da importância dos rios. É uma pessoa especial que vai trabalhar na defesa e preservação do nosso meio ambiente", salientou.

O encontro prosseguiu até a sexta-feira (28/3), no auditório da Confederação Nacional da Indústria, em Brasília (DF).

Acesso à água de boa qualidade

Marina Silva destacou durante o seminário, que cerca de 20% da população mundial não tem acesso regular à água potável e, aproximadamente 40% não dispõe de uma estrutura adequada de saneamento básico.

Acrescentou que mais de 3 milhões de crianças morrem prematuramente por falta de acesso à água de boa qualidade e a um ambiente saneado. A ministra disse que no Ano Internacional da Água Doce e na semana em que se comemora a água é importante o debate sobre os recursos hidrícos do País, defendendo a recuperação do Rio São Francisco.

"Vamos fazer uma verdadeira política ambiental no Brasil, com a transversalidade; controle social; fortalecimento da ação ambiental e do desenvolvimento sustentável do meio ambiente nacional", salientou.

Fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em