Equipe do Aquário Santos resgata tartaruga gigante encontrada no estuário

Também denominada tartaruga gigante, por ser a maior das espécies vivas, o animal mede por volta de 1,80 m

  
  
Nove pessoas foram mobilizadas para transportar a tartaruga ao parque

Uma verdadeira ‘operação de guerra’, que envolveu Polícia Ambiental, Ibama e um caminhão munck, foi montada pelo Aquário Municipal de Santos para recolher uma tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea), encontrada nesta quinta (17) pela manhã no canal do estuário.

Também denominada tartaruga gigante, por ser a maior das espécies vivas, o animal macho, que apresenta uma cicatriz na cabeça e outras em alguns pontos do casco, pesa cerca de 400 kg e mede por volta de 1,80 m, sendo 1,50 m somente de casco.

A espécie, ameaçada de extinção, foi avistada por pescadores por volta das 4h da madrugada, nadando adernada à direita, e levada depois por dois mergulhadores para a rampa em frente ao Clube Internacional, na Ponta da Praia.

“Quando o animal não consegue se alinhar, é sinal de problemas de saúde”, disse a veterinária Cristiane Lassálvia, que acompanhou ao lado de biólogos e técnicos do Aquário o processo de transporte. Com a cabeça, nadadeiras e carapaça protegida por uma manta plástica, a tartaruga foi envolvida numa rede e içada para o caminhão, cedido pelo Jardim Botânico.

Isolamento
Nove pessoas foram mobilizadas para transportar a tartaruga ao parque, onde foi instalada em tanque de 2,5 m de diâmetro e 2 mil litros de água salgada “Trata-se de um animal diferenciado, que vive em alto-mar, encontrado no Oceano Atlântico, mas que no Brasil desova apenas no litoral do Espírito Santo, ou seja retorna ao local onde nasceu, característica das tartarugas marinhas”, afirmou o biólogo Demétrio Martinho, lembrando que a espécie não sobrevive em cativeiro.

Lassálvia disse que a tartaruga permanecerá no Aquário por, no máximo, 10 dias. “Vamos melhorar seu estado clínico para devolvê-la ao mar”.

Fonte: Prefeitura de Santos

  
  

Publicado por em

Gabriel Farinelli

Gabriel Farinelli

26/03/2011 01:08:24
Parabéns pela iniciativa, o Brasil precissa de pessoas como você!

Jonas Mariano

Jonas Mariano

20/03/2011 05:21:41
Esta é a primeira matéria que vejo e realmente fala a verdadeira hitória. Eu sou o pescador que viu a tartaruga pela primeira vez e liguei para o 190 e me mandaram ligar para o 193. Os bombeiros me mandaram ligar para o IBAMA, que por sinal não deram muita atenção ao caso, Aí sim fiquei preocupado em deixá-la a deriva sem que nada fosse feito, pois eu estava pescando no momento e a correnteza aproximava ela da rota dos navios. Aí passou um navio da marinha e fomos até eles pedimos para que enviassem uma mensagem de rádio para o IBAMA e nada de nínguem chegar. Nesta hora passou uma lancha que vinha de fora (sentido canal de Santos) com dois mergulhadores e um deles veio nos ajudar na tentativa de levá-la para a rampa e depois de estarmos arrastando ela para o raso um monte de pessoas apareceram para tirar fotos.