Urso Pardo ganha novo recinto no Zôo de Canindé/CE

Para melhor acomodar o animal, foi construído um recinto de 200 metros quadrados e possui um tanque de 15 metros quadrados para que ele possa se refrescar.

  
  

O Urso Pardo, conhecido como Dimas, apreendido pelo Ibama e destinado ao Zoológico de Canindé/CE, já possui novo recinto construído especialmente para ele de acordo com a Instrução Normativa número 169, de 20/02/2008 - Anexo IV.

Para melhor acomodar o animal, foi construído um recinto de 200 metros quadrados e possui um tanque de 15 metros quadrados para que ele possa se refrescar.

Dimas foi encontrado por moradores de Sobral depois de ser abandonado pelo circo em que se apresentava, provavelmente como dançarino e de pronto acionaram o Ibama local. O urso tinha uma lesão no olho direito e foi submetido a uma cirurgia antes de ser liberado para visitação.

Ainda filhote ele teve todas as garras dianteiras retiradas e seus dentes extraídos, restando apenas os molares. O animal também tinha uma corrente apertada no pescoço, que foi removida pelos veterinários e biólogos que o atenderam quando da sua chegada ao zoológico.

Na época da apreensão, Dimas se alimentava basicamente de cenouras e Coca-cola mas no momento está se alimentando de queijo, mel, ovos, cenoura, beterraba, maçã, banana, mamão, couve, carne e ração. “Ele come por dia uma média de 20 quilos”, segundo Alecsandra Tassoni, bióloga do zoologico .

Analistas desta Superintendência responsáveis pelo setor de fauna e Centro de Triagem de Animais Silvestres estão a procura de uma fêmea para fazer o pareamento do urso pardo. Existe uma fêmea no Zôo Estadual do Piauí em Teresina e os técnicos estudam a viabilidade de trazê-la uma vez que o recinto já foi construído prevendo esta possibilidade.

Fonte: Ibama / CE

  
  

Publicado por em

Edwaldo Pereira de Freitas

Edwaldo Pereira de Freitas

12/10/2009 21:00:41
Estive domingo (11.10.2009) no Z00 de Canindé e fiquei impressionado e triste com o local e o estado do urso ali colocado. Trata-se de um buraco que duvido que tenha esse metros quadrados divulgados, com um tanque, sujo, ridículo e desproporcional ao tamanho do animal.
O animal balançava a cabeça para um lado e outro, mostrando um nível de stress impressionante,e para os menos avisados, parecia que ele fazia graça. É triste que nossas "autoridades competentes" permitam tanto desrespeito aos animais. O urso, merecia melhor sorte.
Merecia principalmente ir viver em um ZOO mais digno.