Zoo consegue reprodução de papagaio ameaçado de extinção

Os filhotes já podem ser observados junto aos pais, no recinto em exposição e são diferenciados pela máscara vermelha ainda em formação

  
  

O Parque Ecológico “Dr. Antonio Teixeira Vianna” da Prefeitura de São Carlos (a 230 km de São Paulo) registrou mais uma conquista na área de reprodução em cativeiro. Em outubro de 2010, nasceram no zoo dois filhotes de papagaio charão (Amazona pretrei), mas somente agora eles deixaram o ninho para acompanhar os pais.

Fernando Magnani, biólogo e administrador do parque, explica que a espécie é uma das menores em tamanho. “Seu habitat está em campos e matas de Araucária, com área de ocorrência numa pequena região localizada no Sul do Brasil. Sua plumagem é verde, com destaque para a região dos olhos, que é de cor vermelha, lembrando uma máscara”, esclarece.

O biólogo ressalta que essa espécie é considerada ameaçada de extinção, conforme a publicação Red List Threatened Species IUCN (órgão internacional que estuda animais ameaçados), pertencendo à categoria de vulnerável, com população geral em decréscimo.

“O sucesso reprodutivo dessa espécie é resultado da dedicação e constante estudo da equipe do Parque Ecológico, que procurou oferecer ao casal de papagaios as condições apropriadas para sua reprodução. Exames de saúde, alimentação rica e balanceada, recinto adequado e ninho artificial foram alguns dos recursos oferecidos ao casal para criar o ambiente natural, fundamental para o bem-estar dessa ave”.

Os filhotes já podem ser observados junto aos pais, no recinto em exposição e são diferenciados pela máscara vermelha ainda em formação ao redor dos olhos. O zoo conta com mais de 650 animais de 94 espécies.

O Parque Ecológico Municipal é aberto à visitação pública de terça-feira a sábado, das 8h às 16h30, e no domingo, das 8h às 17h30. A entrada é gratuita.

Fonte: Edmir Nogueira

Visite: www.animalivre.org.br

  
  

Publicado por em