Lixo gera lucro e dá prêmios para alunos de Paulínia (SP)

Mais de 545 toneladas anuais de material reciclável poderiam estar despejadas em lixões de Paulínia provocando danos ambientais, não fosse o engajamento de cerca de 15 mil estudantes de 48 escolas do município de Paul&ia

  
  

Mais de 545 toneladas anuais de material reciclável poderiam estar despejadas em lixões de Paulínia provocando danos ambientais, não fosse o engajamento de cerca de 15 mil estudantes de 48 escolas do município de Paulínia, no interior paulista. E essa atitude de cidadania ambiental dos alunos , a grande maioria da rede pública de ensino, ainda faz com que essas escolas ganhem prêmios, por meio de pontuação estabelecida pelo material coletado.

Na quarta-feira (dia 04 de abril), às 13h, na câmara municipal da cidade, os estudantes tiveram reconhecido o empenho realizado no ano passado, quando foram entregues as premiações às unidades de ensino participantes dessa iniciativa. As escolas receberam computadores, impressoras, gravadores de CD, televisores, equipamentos esportivos, entre outros, fornecidos pelo Grupo Orsa, que utiliza o conceito da sustentabilidade em todas as suas atividades.

O programa de reciclagem em Paulínia se tornou política pública em 2003 após o sucesso, durante quatro anos, do programa criado pela equipe de voluntariado da Orsa Celulose, Papel e Embalagens, empresa do grupo com sede no município, chamado Reciclando na Escola. Esse projeto de educação ambiental do Grupo Orsa, desenvolvido junto a escolas próximas de todas as unidades da corporação em quatro Estados brasileiros, se uniu ao projeto Lixo Zero, da prefeitura local.

Na prática, o programa tem como objetivo estimular a coleta seletiva na cidade por meio de alunos, considerados agentes ambientais em potencial. A intenção é fazer com que os jovens agentes propaguem em suas comunidades a importância da reciclagem para a preservação do meio ambiente.

Para tanto, um grupo de 30 funcionários voluntários do Grupo Orsa realiza periodicamente palestras em várias escolas, enfatizando a importância da reciclagem para o meio ambiente. Em seguida, as escolas recebem, sem custo, a instalação de caçambas para coleta de materiais a serem reciclados (papel, plástico e alumínio).

Após todo esse processo, o material recolhido nas escolas é levado até a unidade Paulínia do Grupo Orsa, onde é pesado e revertido nos pontos que dão direito aos prêmios para a escola. Depois de pesados e de terem recebido a pontuação, os papéis e papelões recolhidos nas escolas seguem para reciclagem no Grupo Orsa, enquanto os materiais de alumínio e plástico são recolhidos por empresas privadas e parceiras.

O Paulínia Recicla, além de envolver alunos, professores e comunidades, também engloba a prefeitura municipal, Aterro Estre, empresa de transportes Corpus e cooperativa Cooperlínia de reciclagem além de empresas locais que apadrinham as escolas participantes.

Fonte: TV1 Comunicação e Marketing

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

Site: www.animalivre.com.br

  
  

Publicado por em

Ezequias Sales - Perito Criminal _Tocantins

Ezequias Sales - Perito Criminal _Tocantins

15/04/2010 19:14:22
Gostei da idéia , gostaria de saber detalhes e como era a questão da premiação?
Por favor mande-me detalhes deste projeto.

Camila de Sousa Ferreira

Camila de Sousa Ferreira

29/10/2008 20:21:48
Eu acho muito importante e interessante o papel das escolas no que diz respeito a reciclagem. Os alunos têm muita capacidade de inventar e ajudar o meio ambiente com suas idéias e, ainda ganham prêmios por isso, então é muito bom ver que ainda temos pessoas que se preocupam com o meio ambiente.