Pernambuco se prepara para a recuperação da área onde funcionava o Lixão Muribeca

O local que recebia os resíduos sólidos das cidades de Recife, Jaboatão dos Guararapes, Cabo e Moreno, foi desativado.

  
  

Depois de vinte anos o Lixão da Muribeca, em Pernambuco deixou de funcionar. Na última sexta-feira (17), o local que recebia os resíduos sólidos das cidades de Recife, Jaboatão dos Guararapes, Cabo e Moreno, foi desativado.

Apesar da inatividade os danos ambientais não acabaram, de acordo com o Diretor Presidente da Agência Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (CPRH), Hélio Gurgel. Eram depositadas diariamente 700 toneladas de lixo, de acordo com dados da CPRH.

Foi cumprido um Termo de Aditamento de Ajustamento de Conduta (TAAC), assinado em julho do ano passado, em que os municípios acertaram a desativação do lixão. Agora, o órgão se prepara para acompanhar e supervisionar a recuperação ambiental da área.

Inicialmente será realizada uma inspeção para identificar os dados e calcular o passivo ambiental causado pelo aterro.

Fonte: Ambiente Brasil

  
  

Publicado por em