Transformação de lixo em energia é alternativa para indústria

O lixo, um dos grandes problemas enfrentados por qualquer País hoje, já se tornou alternativa viável e, mais do que isso, ecologicamente indicada para outro grande desafio do desenvolvimento, a falta de energia. A transformaç

  
  

O lixo, um dos grandes problemas enfrentados por qualquer País hoje, já se tornou alternativa viável e, mais do que isso, ecologicamente indicada para outro grande desafio do desenvolvimento, a falta de energia.

A transformação do lixo, coletado nas ruas, em gases que aquecem caldeiras, abastecem usinas, movimentam indústrias e, até mesmo, acendem lâmpadas de milhões de casas será tema de palestra apresentada na Termotech – Feira Industrial de Tecnologias Térmicas, uma parceria entre o Grupo CIPA Feiras & Congressos e Línea Uno Marketing & Eventos.

A palestra está programada para o dia 30 de agosto, às 18h30min , no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, com entrada gratuita.

“A tecnologia que caminha em passos largos na Europa ainda engatinha no Brasil, mas já tem suscitado o interesse de diversas companhias brasileiras”, afirma o palestrante Joaquim Barros, engenheiro e diretor superintendente da Konus Icesa S/A, empresa de soluções térmicas que estará presente na Termotech.

A empresa trouxe o processo europeu de aquecimento de caldeiras pelo lixo para o Brasil, e afirma haver cerca de 20 indústrias interessadas. “Além de gerar energia, o empresário contribui com o meio-ambiente” comenta Barros.

O processo de transformação de lixo em energia se dá de forma simples, iniciando-se em uma esteira de separação, na qual são retirados metais e vidros que podem ser utilizados na reciclagem.

O restante vai para uma caldeira de recuperação que atinge a temperatura de 1000 °C. O vapor criado movimenta turbinas que geram a energia elétrica.

“No Rio de Janeiro já há um projeto em uso, que consome 30 toneladas de lixo por dia e gera 2,6 megawatts. Nossa intenção é ampliar a uso dessa fonte de energia”, complementa o engenheiro.

O Brasil produz 160 mil toneladas de lixo todos os dias e ainda possui 12 mil lixões espalhados por diversas regiões, que poluem o ambiente, contribuem para a proliferação de ratos e doenças “Com a transformação de lixo em energia, consegue-se resolver dois problemas de uma vez só”, destaca José Roberto Sevieri, presidente do Grupo Cipa, um dos organizadores da feira.

Sobre a Termotech:

A Termotech é a primeira feira brasileira do setor de tecnologias térmicas e foi criada para se tornar uma vitrine de um segmento que está presente em todas a operações industriais.

“Os processos térmicos estão na retaguarda da indústria. Por isso, o grande público não percebe sua importância, que é muito grande. São milhares de transformações, sejam para o quente ou para o frio, e que englobam todas as áreas industriais”, ressalta Fernando Lummertz, diretor da Línea Uno.

A feira terá uma intensa programação de palestras com a realização da Joterm - Jornada de Atualização em Tecnologias Térmicas. O evento contará com 100 expositores e espera reunir 4 mil visitantes entre os dias 28 e 30 de agosto.

SERVIÇO

I Termotech – Feira Industrial de Tecnologia Térmicas

Local: - Centro de Exposições Imigrantes – Rod. dos Imigrantes Km 1,5 - São Paulo (SP)

Data: 28 a 30 de agosto – das 14 às 21 horas

Mais informações: (11) 5585-4355

Fonte: Texto Assessoria de Comunicação

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

Site: www.animalivre.com.br

  
  

Publicado por em

João Carlos Franceschi

João Carlos Franceschi

28/07/2011 09:05:56
Blumenau - SC, 28 de julho de 2011.

Sou aluno da Pós-Graduação, Especialização em Gestão Pública pelo IFSC - Santa Catarina, estou iniciando meu trabalho de monografia que trata justamente da industrialização dos resíduos sólidos urbanos.
Gostaria de receber mais informações sobre o processo de industrialização do mesmo.

Atenciosamente,

João Carlos Franceschi

ANDREA RADRIGUES casenaves

ANDREA RADRIGUES casenaves

21/06/2011 19:02:31
GOSTARIA DE SABER MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE PRODUÇÃO DE ENERGIA DO LIXO E DO ÁLCOOL

Lívia

Lívia

16/06/2011 11:14:06
olá,estou fazendo uma pesquisa na faculdade sobre a implementação de uma usina de biogás proveniente do lixo em Campos dos Goytacazes.Gostaria de saber se tem uma produção minima diária de lixo para a implementação da usina.Desde já agradeço!

Catucia Chagas e Micaela Moraes

Catucia Chagas e Micaela Moraes

03/08/2010 07:59:57
Somos alunas do SENAC e estamos criando um projeto para criarmos embalagens recicláveis achamos interessante assim como reciclar o lixo.

Marcos viegas

Marcos viegas

17/03/2010 21:22:32
ola, podem me fornecer como funciona o processo de transformação do lixo em energia, a informação é para apresentação em seminario na Universidade em que faço o curso de engenharia eletrica

Laiane

Laiane

24/09/2009 21:45:47
achei uma otima ideia o lixo virar energia, assim ele já tem um destino...
não vai poluir o meu ambiente.

Karen S.

Karen S.

19/04/2009 16:44:29
Ola, gostaria tb de saber mais sobre esse processo e a area necessaria para desenvolve-lo.

Obgrigada,

Karen S. - Rio de Janeiro -RJ

Dayane

Dayane

30/10/2008 09:16:35
Eu gostaria de saber mais ampliadamente como que funciona o processo de transformação do lixo em energia.
Muito interessante!
Obrigada
Dayane - Senhora dos Remédios - MG

Andreia dos Santos

Andreia dos Santos

28/08/2008 22:05:42
Gostaria de receber mais informaçoes sobre o processo de transformaçao do lixo em energia eletricas pois, juntamente com meu grupo estamos desenvolvendo um trabalho para faculdade de Administraçao de Empresas onde estamos desenvolvendo a criaçao de um produto ou serviço. E escolhemos uma Usina Termeletrica para essa pesquisa

Muito interessante!
Obrigada
Andreia - Pouso Alegre - MG