Al Gore defende adaptação de veículos para biocombustíveis

O ex-vice-presidente dos EUA pediu aos fabricantes de automóveis e ao setor energético que garantam a compatibilidade técnica da próxima geração de biocombustíveis com os novos veículos Ef

  
  

O ex-vice-presidente dos EUA pediu aos fabricantes de automóveis e ao setor energético que garantam a compatibilidade técnica da próxima geração de biocombustíveis com os novos veículos



Efe

BRUXELAS - O ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore, que vem se tornando um destacado porta-voz da luta contra a mudança climática, pediu que indústria internacional automobilística adapte seus produtos à nova geração de biocombustíveis, com o objetivo de reduzir as emissões de gases causadores das mudanças climáticas.

"Os biocombustíveis têm um fantástico potencial para fazer frente aos desafios da crise das mudanças climáticas e da crise da segurança energética, que no final são a mesma crise", disse Al Gore, no congresso Mercados Mundiais de Biocombustíveis, que reúne 1.300 executivos e especialistas do setor, em Bruxelas.

Al Gore, que abriu a conferência, lembrou que 20% das emissões de dióxido de carbono vêm do transporte, e sustentou que os novos combustíveis de fontes renováveis podem aliviar esta carga.

Por isso, pediu aos fabricantes de automóveis e ao setor energético que cooperem para garantir a compatibilidade técnica da próxima geração de biocombustíveis com os novos veículos.

"O custo de combater as mudanças climáticas é irrisório", defendeu o político americano, que insistiu sobre os efeitos devastadores causados pelo aquecimento global se algo não for feito a tempo.

"É um desafio moral. A geração anterior teve que bater o fascismo, o desafio desta geração é combater as mudanças climáticas", disse.

Fonte:Estadão

  
  

Publicado por em