Viaje quase de graça com Milhas Aéreas

Notícias > Ambiente > Nosso Planeta > 

Anuário reúne informações sobre cadeia do biodiesel

As informações mais relevantes sobre a cadeia do biodiesel reunidas em um só local. Assim é o 1º Anuário Brasileiro do Biodiesel que foi lançado na quinta-feira (11/10) durante a 2ª Enerbio, em Bras&iacu

15 de Outubro de 2007.
Publicado por Vininha F. Carvalho  

As informações mais relevantes sobre a cadeia do biodiesel reunidas em um só local. Assim é o 1º Anuário Brasileiro do Biodiesel que foi lançado na quinta-feira (11/10) durante a 2ª Enerbio, em Brasília (DF). A produção do anuário contou com o patrocínio do Sebrae e da Petrobras e com o apoio da Revista Biodiesel.

O anuário bilíngüe (português e inglês) traz informações sobre o mais novo combustível do Brasil. Além do livro, há um CD e um mapa que lista e indica as usinas em operação, as em implementação, as experimentais/pesquisas e aquelas que ainda estão em fase de projeto. Atualmente, o Brasil possui 42 usinas em operação, instaladas em 14 estados (MT, PA, MG, RS, SP, PR, GO, PI, CE, TO, MA, BA, RO e RJ). Outras 51 usinas estão em fase de implementação. E há 21 usinas experimentais, como as da Embrapa e de universidades.

Segundo a coordenadora de projetos de Agroenergia do Sebrae Nacional, Wang Ching, o anuário é importante porque mapeia todos os elos da cadeia produtiva do biodiesel no País.

“O material mostra, tanto para o mercado interno quanto para o mercado internacional, o quanto o Brasil está avançando na questão de biocombustíveis e o quanto surgiu de novos negócios e empreendimentos de todos os portes no País”, explica.

O anuário traz os conceitos do biodiesel, informações sobre matérias-primas e os aspectos técnicos e de produção desse combustível. Há também as normas e legislação sobre o setor e uma abordagem de que a produção do biodiesel é uma atividade que possibilita a inclusão social. Sobre este último assunto, o anuário traz artigo da coordenadora Wang. No texto, ela enfoca que o combustível renovável é uma oportunidade social, capaz de gerar ocupação e renda no campo.

Segundo Wang, o anuário também será um excelente guia para os pequenos agricultores que quiserem entrar neste mercado. “Se agricultor produz mamona, girassol ou algodão, por exemplo, na expectativa de vender para o mercado consumidor de biodiesel, ele precisa saber quem compra este óleo e onde estão os principais atores desse mercado”, diz.

No lançamento do anuário, estavam presentes o presidente da Enerbio, Ronaldo Knack; o editor do anuário, Rogério Menani; o presidente executivo da Ubrabio, Odacir Klein; e Wang Ching, do Sebrae Nacional. Durante a cerimônia do lançamento, a coordenadora de projetos de agroenergia do Sebrae Nacional foi homenageada com um exemplar do anuário. O superintendente do Sebrae na Bahia, Edival Passos, também recebeu a homenagem.

Rogério Menani destacou a importância do Sebrae na elaboração do anuário. “O Sebrae foi um grande incentivador do processo. Além do patrocínio concedido, trabalhou de forma competente e ajudou a melhorar o conteúdo deste projeto”, ressaltou.

O anuário é vendido pelo site www.anuariobiodiesel.com.br.

Fonte: Sebrae

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

Site: www.animalivre.com.br

Compartilhar nas Redes Sociais

Comentários

Sirlei Aparedida Fernandes

 postado: 1/10/2008 10:49:45editar

Excelentes informaçoes , serao de grande importancia pra mim, pois vou fazer especializaçao em biodiesel.

Parabens pela matéria .

 

 

Veja também

Turismo em discussão na Conferência de Alterações ClimáticasEmpresa transforma óleo de fritura em biodiesel

 

editar    editar    editar    237 visitas    1 comentários