Insetos utilizam plantas como telefones

“Alou?… Sim, esta é a minha planta. Obrigado. Tchau.” Essa é a conversa entre insetos subterrâneos e aqueles que ficam sobre a terra na verdura mostarda. Cientistas descobriram que os insetos utilizam a planta como um telefone químico

  
  
Quando um inseto subterrâneo toma residência sob uma planta, começa a se banquetear das raízes da mesma. Para alertar os insetos comedores de folhas de que “não há vagas”, o inseto subterrâneo envia um sinal químico através das folhas do vegetal

“Alou?… Sim, esta é a minha planta. Obrigado. Tchau.”
Essa é a conversa entre insetos subterrâneos e aqueles que ficam sobre a terra na verdura mostarda. Cientistas descobriram que os insetos abaixo e sobre a superfície utilizam a planta como um telefone químico.

Uma equipe de pesquisadores orientados por Roxina Soler, uma ecologista do Instituto de Ecologia da Holanda, não tem certeza do quanto o fenômeno está espalhado pela natureza.
O bate-papo orgânico é amigável: Insetos que se alimentam das folhas sobre a superfície preferem as plantas desocupadas pelos comedores de raízes.

Quando um inseto subterrâneo toma residência sob uma planta, começa a se banquetear das raízes da mesma. Para alertar os insetos comedores de folhas de que “não há vagas”, o inseto subterrâneo envia um sinal químico através das folhas do vegetal, de maneira que os comedores de folhas são avisados que a planta está ocupada.

Será que é possível colocar anúncios do Google nessa comunicação?
Estudos recentes revelaram que tipos diferentes de insetos que vivem sobre a terra se desenvolvem vagarosamente se eles se alimentam de plantas com inquilinos subterrâneos e vice-versa.
Portanto estas linhas telefônicas verdes previnem que os insetos compitam de maneira não-intencional pela mesma planta.
Ocorre que os insetos subterrâneos também podem se comunicar com terceiros via biofone, ou seja, o inimigo natural das lagartas: vespas parasitas.

Os elementos químicos emitidos pelas folhas dão às vespas informação sobre a ocupação de diferentes plantas. Já que as vespas parasitas põem seus ovos dentro de insetos que vivem sobre a terra, elas se terão melhores chances se pousarem em plantas não ocupadas pelos comedores de raízes.

Fonte: Hypescience

  
  

Publicado por em