Paleontologistas encontram fósseis de preguiça extinta há 12 mil anos

Paleontologistas de Minas Gerais encontraram fósseis de duas preguiças extintas há cerca de 12 mil anos, que podem conter informações importantes para a caracterizaçãodefinitiva do animal, típico da América do Sul. O grupo de paleontologia do Museu de

  
  

Paleontologistas de Minas Gerais encontraram fósseis de duas preguiças extintas há cerca de 12 mil anos, que podem conter informações importantes para a caracterizaçãodefinitiva do animal, típico da América do Sul.

O grupo de paleontologia do Museu de Ciências Naturais da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais encontrou os fósseis em uma caverna próxima ao Parque Nacional do Peruaçu, em Januária, Norte do estado. Os fósseis são raros, segundo a equipe.

A descrição da preguiça foi feita há 150 anos a partir de um osso do calcâneo (calcanhar), exposto no Museu de História Natural de Paris. Os fósseis estavam em processo acelerado de decomposição por causa das águas que invadem a caverna em épocas mais chuvosas.

Os trabalhos de limpeza, consolidação e identificação dos fósseis estão sendo feitos e o resultado completo do estudo deve ser divulgado dentro de um ano.

Fonte: PUC de Minas Gerais

  
  

Publicado por em