Peça de teatro viaja levando informações sobre preservação da Mata Atlântica

No ano Internacional da Água Doce, a Deca e a Duratex patrocinam uma peça de teatro do Projeto de Educação Ambiental, que visa conscientizar e educar para a redução do consumo e a preservação dos recursos naturais, com especial atenção à Mata Atlântica, u

  
  

No ano Internacional da Água Doce, a Deca e a Duratex patrocinam uma peça de teatro do Projeto de Educação Ambiental, que visa conscientizar e educar para a redução do consumo e a preservação dos recursos naturais, com especial atenção à Mata Atlântica, um dos principais patrimônios ambientais do mundo.

O projeto elaborado pela Antonio Bellini editora e Cultura e endossado pelo Ministério da Cultura conta com o apoio da Duratex e Deca, empresas com ISO 14000 e Selo Verde e com forte atuação na promoção da qualidade ambiental ao utilizar madeira de áreas de reflorestamento próprio e comercializar produtos que reduzem o consumo de água.

O projeto tem duas fases. A primeira é a peça de teatro, que mostra a importância dos cuidados que todos devem ter com a natureza. A segunda fase são as oficinas culturais, quando as crianças entre 8 e 12 anos produzem uma exposição com peças feitas a partir de material reciclado e fibras naturais tingidas artesanalmente.

Com essa equipe, de aproximandamente 30 profissionais qualificados, o projeto percorrerá 24 cidades do Estado de São Paulo. A cada cidade, duas tendas ocupando uma área de 200m² são montados em parques públicos, praças ou estacionamentos de shoppings centers.

Um ônibus double deck transporta as crianças das escolas para as tendas, com qualidade e segurança. Em duas sessões diárias, as oficinas de 1:40h. cada, criam um clima lúdico e poético, propício à reflexão e ao divertimento.

Em São José dos Campos, o teatro se apresenta do dia 16 de julho até o dia 26 deste, com apresentações na Fundação Cassiano Ricardo (Av. Olívio Gomes, s/nº). São duas sessões, às 10h e 14h, com o apoio da Fundação Cassiano Ricardo e da Prefeitura de S.José dos Campos.

Fonte: Holofote Assessoria em Comunicação

  
  

Publicado por em