Pequenos produtores rurais têm empréstimo do governo a 4% de juros ao ano

O Fundo de Expansão ao Agronegócio Paulista, FEAP, linha de crédito do Governo do Estado, tem disponíveis R$ 47 milhões para financiar pequenos produtores agropecuários em 2005. Por meio da Secretaria da Agricultura e do banco Nossa Caixa, responsável

  
  

O Fundo de Expansão ao Agronegócio Paulista, FEAP, linha de crédito do Governo do Estado, tem disponíveis R$ 47 milhões para financiar pequenos produtores agropecuários em 2005.

Por meio da Secretaria da Agricultura e do banco Nossa Caixa, responsável por aprovar o crédito e repassar os recursos, o pequeno produtor rural paulista pode obter empréstimo a juros de 4% ao ano.

O FEAP tem como principal objetivo incentivar a produção por métodos racionais com foco no aumento da produtividade.

`Cresce, assim, a relação de renda e emprego e por conseqüência aumenta-se o padrão de vida das populações rurais`, explica Pedro Yoshiharu Mishima, gerente de programas especiais da Nossa Caixa.

No total, o banco tem programada para este ano 22 linhas de crédito para a Agricultura, com carência de 24 meses, prazo de pagamento de cinco anos e valor de crédito de até R$ 50 mil por produtor rural. Tanto o prazo, quanto o valor, são determinados em função do projeto técnico aprovado pela casa da agricultura municipal.

Para participar do programa, o interessado deve ter cadastro na Nossa Caixa, não ter nenhum tipo de restrição na praça, apresentar declaração de aptidão emitida pela casa da agricultura do município e apresentar projeto técnico, ou plano simples, que será inspecionado e aprovado por técnicos da cidade. É preciso ainda ter renda agropecuária mínima de R$ 158 mil.

Das 22 linhas aprovadas, Mishima dá alguns exemplos como os liberados para a região de Araraquara. Segundo ele, R$ 11 mil foram investidos na compra de colméias e aquisição de materiais de manipulação, R$ 30 mil para a compra de comedouros, silos e bebedouros para a avicultura integrada, R$ 35 mil para construção de estufas, sementeiras e viveiros para produção de mudas de frutas cítricas, dentre outros.

Fonte: Ass.de Imprensa do Governo de S.P

  
  

Publicado por em