Pesquisa mostra que relógio biológico afeta comportamento do organismo

A importância do relógio biológico interno no comportamento do organismo humano foi o tema da conferência da pesquisadora do Departamento de Fisiologia da Universidade de São Paulo (USP), Regina Markus, apresentada na Universidade Federal de Pernambuco (U

  
  

A importância do relógio biológico interno no comportamento do organismo humano foi o tema da conferência da pesquisadora do Departamento de Fisiologia da Universidade de São Paulo (USP), Regina Markus, apresentada na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Ela disse que a biologia vive um novo momento em função de conhecimentos e tecnologias inovadoras.

`Teremos que lidar agora não apenas com a biologia formal, mas com a biologia do tempo`, afirmou a pesquisadora, cujos estudos comprovaram que o ritmo interno influencia o comportamento de inflamações crônicas e agudas.

Inflamações como a artrite e a tuberculose, que podem durar a vida inteira, desregulam a ordem temporal interna, desequilibrando o funcionamento dos órgãos.O resultado, segundo Regina, é que o paciente, além de lidar com a dor constante, também precisa contornar o caos provocado pela infecção.

`As descobertas devem servir para aumentar a eficácia dos antiinflamatórios, já que o efeito das drogas é ampliado ou diminuído de acordo com a hora em que são ministradas`, destacou.

Fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em