Pesquisador norueguês quer estudar os efeitos da poluição na saúde reprodutiva

O professor Jon Oyvind Odland, do Instituto de Medicina Comunitária da Universidade de Tromso, na Noruega, esteve visitando a Faculdade de Medicina da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp), em Botucatu. O objetivo de sua vinda ao Brasil é manter c

  
  

O professor Jon Oyvind Odland, do Instituto de Medicina Comunitária da Universidade de Tromso, na Noruega, esteve visitando a Faculdade de Medicina da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp), em Botucatu.

O objetivo de sua vinda ao Brasil é manter contatos preliminares para estabelecimento de programas de cooperação no campo da segurança alimentar e da saúde reprodutiva, com ênfase especial em aspectos da proteção e nutrição na gravidez.

Odland é ginecologista, epidemiologista e responsável pela organização e coordenação de projetos bilaterais e multilaterais em diversas regiões do mundo, tais como Canadá, Rússia e Vietnam. Muitos desses programas contam também com a participação do Instituto Norueguês de Pesquisa em Pesca e Aqüicultura.

Na reunião com os dirigentes da Faculdade de Medicina, Odland expôs as principais diretrizes de um estudo que pretende realizar, em parceria com especialistas brasileiros, com relação aos males causados, em regiões do país, à saúde reprodutiva pela exposição das pessoas a altos níveis de substâncias tóxicas, e a adoção de medidas de prevenção a esses agravos.

Fonte: AssCom Unesp

  
  

Publicado por em