Pet Fair , a ser realizada em São Paulo,contará com uma feira de negócios

O mercado de animais de estimação cresce freneticamente à vários anos – 20% ao ano.Hoje, há clínicas que oferecem aos bichos um padrão médico similar ao dos melhores centros médicos. Juntamente com as Pet Shops, a oferta de serviços relacionados

  
  

O mercado de animais de estimação cresce freneticamente à vários anos – 20% ao ano.Hoje, há clínicas que oferecem aos bichos um padrão médico similar ao dos melhores centros médicos.

Juntamente com as Pet Shops, a oferta de serviços relacionados aos bichanos é imensa e não pára de expandir: pode-se contar com `táxi-dogs`, salões de
beleza e produtos de toda ordem, como caminhas com padrões de oncinha e zebra,banheiro para gatos, balas, sorvetes, chocolates, cintos de segurança para cães, roupas,calçados, entre muitos outros produtos.

Estima-se que existam no Brasil mais de 30 mil lojas especializadas em produtos pet; em São Paulo, para se ter uma idéia, há mais pet-shops do que farmácias e, alguns bairros, chegam a ter uma loja a cada quarteirão.

Sem dúvida, este segmento de sucesso, que atualmente gera receitas na casa dos bilhões de dólares, não teria se expandido tanto se não fosse a visão de empresários pioneiros e empreendedores como o paulistano Osvaldo Penha Gessulli, que através do Grupo Gessulli,uma empresa 100 % nacional, foi o primeiro empresário do País a apostar neste grande mercado e mostrar os caminhos para seu desenvolvimento.

`Uma grande parte das empresas de acessórios que conhecemos hoje surgiram no mercado graças à Pet Fair`,
revela Osvaldo P. Gessulli.

Um marco disso foi o lançamento em 1996 da 1ª Pet Fair Brasil, que reuniu 55 expositores do Brasil e do exterior e 7.767 visitantes, trazendo aos técnicos as últimas novidades em produtos e serviços para pet shops e clínicas veterinárias, reunidos em 1.500 m2 de área
de estande no Expo Center Norte, em São Paulo/SP.

No ano seguinte (1997), a 2ª Pet Fair já contava com a participação de 96 expositores, 12 mil visitantes e 4 mil m2 de stand, movimentando cerca de US$ 60 milhões em negócios durante e após a feira.

Em 1998, na sua 3ª edição, o Grupo Gessulli lançou mais uma inovação: a 1ª Vet Fair, que apresentou a Clínica Modelo (um estabelecimento completo, com todos os equipamentos para o médico-veterinário moderno).

Esta feira aumentou em 25% o total de vendas e seus
visitantes chegaram a 18.556, ocupando 5 mil metros quadrados de estande. No ano seguinte, em outubro/99, a Pet Fair continuou a crescer e inovar, lançando a 1ª Pet Shop – Feira de Animais de Companhia, que teve como alvo o público em geral e uma proposta educativa, com venda no varejo e bilheteria.

A Nova Pet Fair :

Após 4 edições, a 5a Pet Fair inova mais uma vez, oferecendo ao mercado uma feira de negócios, com custos bem menores aos praticados por outros eventos, sem subsidiar palestras ou seminários. Outra novidade será a exposição de produtos da área de Jardinagem (Garden) e uma feira paralela:a Horse Fair, com tudo para equinos.

`Hoje é muito comum encontrarmos equipamentos de jardinagem e produtos diversos para equinos nas pet shops, casas agropecuárias e cooperativas, representando assim maiores receitas para seus proprietários`, esclarece Osvaldo P. Gessulli.

Outro detalhe importante é a escolha do mês de abril/2005 para a realização da 5ª Pet Fair e da 1ª Horse Fair, já que nesta época boa parte dos distribuidores, médicos-veterinários e lojistas estão repondo seus estoques.

`Vamos preparar o mercado até abril de 2005 para as
grandes novidades que estarão reservadas aos participantes de mais esta Pet Fair. Afinal,serão duas feiras e três segmentos em destaque.`, avisa Osvaldo P. Gessulli.

Fonte: Xclusive

  
  

Publicado por em

Alessandra

Alessandra

18/09/2008 23:50:04
Tenho um bulldogue lindo e gostaria de expor em feiras...gostaria de saber mais informações...

Obrigada